Discurso de Francisco no Vaticano: A Igreja deve aderir à revolução cultural, deve fazer a sua parte e reconhecer honestamente atrasos e erros, por uma renovada cultura da identidade e diferença


11.10.2017 -

O discurso foi proferido pelo Papa Francisco no Vaticano, no dia 5 de outubro, quando recebeu em audiência os participantes na Assembleia Geral dos Membros da Pontifícia Academia para a Vida.

"É uma verdadeira revolução cultural que se vê no horizonte histórico atual. E a Igreja é a primeira que deve fazer a sua parte. Nessa perspetiva, primeiro tem de reconhecer honestamente atrasos e erros. As formas de subordinação que tristemente marcaram a história das mulheres devem ser definitivamente abandonadas. É preciso escrever um novo começo no modo de ser dos povos, e isso pode ser feito por uma renovada cultura da identidade e diferença". (Papa Francisco in Rome Reports, 05/10/2017 – tradução livre)

Visto em: odogmadafe.wordpress.com

=============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Lembrando as palavras do Bispo Fulton Sheen:

"Se você tiver que encontrar Cristo hoje, procure a Santa Igreja Católica que não se dá bem com o mundo, acusada de estar desatualizada com os tempos modernos".

O Bispo americano Fulton Sheen (1895-1979) foi um dos mais atuantes, corajosos e combativos homens da Igreja no século XX. Ele serviu-se do rádio e, posteriormente, da televisão como meios de catequese e evangelização, e, ainda, de denúncia dos males do comunismo.

n/d

O seu programa Life is Worth Living foi ao ar de 1951 a 1968. Em 2002, foi aberto o processo de canonização do Bispo Sheen.

A Santa Igreja Católica que não se dá bem com o mundo.

"Se você tiver que encontrar Cristo hoje, então procure uma Igreja que não se dá bem com o mundo. Procure por uma Igreja que é odiada pelo mundo como Cristo foi odiado pelo mundo. Procure pela Igreja que é acusada de estar desatualizada com os tempos modernos, como Nosso Senhor foi acusado de ser ignorante e nunca ter aprendido. Procure pela Igreja que os homens de hoje zombam e acusam de ser socialmente inferior, assim como zombaram de Nosso Senhor porque Ele veio de Nazaré.

Procure a Igreja que em tempos de intolerância (contra a sã doutrina,) os homens dizem que deve ser destruída em nome de Deus, do mesmo modo que os que crucificaram Cristo julgavam estar prestando serviço a Deus.

Procure a Igreja que é rejeitada pelo mundo assim como Nosso Senhor foi rejeitado pelos homens. Procure a Igreja que em meio às confusões de opiniões conflitantes, seus membros a amam do mesmo modo como amam a Cristo e respeitem a sua voz como a voz do seu Fundador.

E então você começará a suspeitar que se essa Igreja é impopular com o espírito do mundo é porque ela não pertence a esse mundo e uma vez que pertence a outro mundo, ela será infinitamente amada e infinitamente odiada como foi o próprio Cristo. Pois só aquilo que é de origem divina pode ser infinitamente odiado e infinitamente amado. Portanto, essa Igreja é divina".

Bispo Fulton J. Sheen, Radio Replies, Vol. 1, p IX, Rumble & Carty, Tan Publishing

 

Diz na Sagrada Escritura:

"É, porventura, o favor dos homens que eu procuro, ou o de Deus? Por acaso tenho interesse em agradar aos homens? Se quisesse ainda agradar aos homens, não seria servo de Cristo". (Gálatas 1, 10)

"É que eles preferiam a glória humana à glória que vem de Deus". (São João 12, 43)

"Estai de sobreaviso, para que ninguém vos engane com filosofias e vãs sutilezas baseados nas tradições humanas, nos rudimentos do mundo, em vez de se apoiar em Cristo". (Colossenses 2, 8)

"Eles são do mundo. É por isto que falam segundo o mundo, e o mundo os ouve. Nós, porém, somos de Deus. Quem conhece a Deus, ouve-nos; quem não é de Deus, não nos ouve. É nisto que conhecemos o Espírito da Verdade e o espírito do erro". (I João 4, 5 -6)

“Pedro e os outros apóstolos responderam: É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens’!”  (Atos dos Apóstolos 5, 29)

 

Veja também...

Lembrando Dom Lourenço Fleichman: Do esgoto do mundo à Salvação de nossos filhos

Padre Divino Antônio Lopes: O Céu não é a Pátria dos covardes, mas dos fortes, batalhadores e ousados... os moles, indolentes e preguiçosos não se salvarão. O Reino dos Céus é arrebatado à força e são os violentos que o conquistam (Mt 11, 12)

Padre Divino Antônio Lopes: Esse mundo inimigo de Deus, trava uma terrível batalha contra Jesus Cristo e seus seguidores

O desafio da juventude e o Sagrado Coração de Jesus: Em uma sociedade onde tudo é subjetivo, existe um grande perigo de se perder a fé

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne