Bestialidade: Pai mata os filhos de 1 ano e de 3 anos, na frente da esposa por vingança


06.02.2008 - Um agricultor da cidade de Gramado Xavier, no interior do Rio Grande do Sul, matou os dois filhos - um ano e três anos - na frente da mulher, que também foi levemente ferida a faca, como forma de vingança porque ela não queria reatar a relação, rompida havia duas semanas, segundo a Polícia Civil. José Adriano dos Santos Fagundes, 25 anos, bateu a cabeça das crianças contra o chão repetidas vezes e atirou o de um ano contra uma cerca de arame farpado. O bebê chegou a ser socorrido ao Hospital de Lajeado, mas não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu na manhã de hoje.

O agricultor estava acompanhado do pai, que também deve ser indiciado por omissão. "Ele fugiu e disse para o pai que ia se matar, mas ainda não encontramos nem o suspeito nem o corpo dele", disse o delegado de Boqueirão do Leão (município vizinho), Pablo Queiroz Rocha.

Às 7h desta quarta, Fagundes foi à casa da ex-mulher, a também agricultora Noemi Terezinha da Silva Fagundes, 40 anos. Segundo Rocha, ele disse à mulher que queria levar um dos filhos para uma consulta médica. Sem conseguir convencê-la, o agricultor saiu da casa levando os dois filhos no colo.

Depois de caminhar algumas centenas de metros, ele pegou pelos pés o filho de um ano e bateu com sua cabeça no chão de pedras na frente de Noemi, que os acompanhava. O menino de quatro anos correu em direção à mãe, mas Fagundes conseguiu arrancá-lo da mulher com a ajuda de uma faca.

Ele usou esta mesma faca para esfaquear o menino na nuca, entortando a lâmina. Encontramos restos de massa encefálica espalhados na rua", relatou o delegado.

O mais velho morreu na hora e o mais novo horas depois.

Foi pedida a prisão preventiva do suspeito do duplo homicídio. O avô das crianças também deve ser indiciado por co-autoria no crime.

Redação Terra

-------------------------------------------------------------------

Lembrando...

Homem degola mulher e filhos antes de ser morto

10.11.2006 - A pequena cidade de Chapadão do Sul, a 33o quilômetros a nordeste de Campo Grande (MS), está em choque com o crime mais bárbaro de sua história. O funcionário público Elias dos Reis, 50, matou a mulher Azaíde Martins de Lima, 44, e os dois filhos dela, Regiane Padilha de Lima, de 15 anos, e Edílson Martins de Lima, 10.

O triplo assassinato aconteceu na madrugada desta sexta-feira, por volta das 4h (hora local). Segundo a polícia, Azaíde e os filhos foram degolados por Elias. Depois de os matar, o homem incendiou os corpos. Elias dos Reis foi morto com um tiro hoje à tarde durante uma operação da Polícia Militar para sua captura.

Os bombeiros foram os primeiros à casa na rua São Paulo, na periferia de Chapadão do Sul, e encontrar os três corpos carbonizados. Eles foram acionados por vizinhos, que ouviram os gritos durante a madrugada, e perceberam o incêndio. A polícia esteve no local. Peritos examinaram os corpos, constatando que as três pessoas foram esfaqueadas no pescoço. Elias envolveu a mulher e as crianças em cobertores antes de atear fogo antes de fugir do local.

Depois de matar a família, Elias foi até a casa de seu filho e disse que pretendia se suicidar. Hoje à tarde, quando policiais já estavam no seu encalço, ele foi visto circulando num matagal nos arredores do parque de exposições da cidade. A polícia cercou o local. Elias foi morto com um tiro no peito, quando supostamente reagia à prisão, por volta das 15h.

Segundo a Polícia Civil de Chapadão do Sul, Azaíde já havia registrado queixa por agressão e ameaça contra o marido em julho. Ela contou à polícia que havia se separado de Elias após três anos de convivência, mas reatou o casamento. A polícia acredita que o crime seja passional e tenha sido premeditado pelo autor. Ontem Elias, que trabalhava como gari da prefeitura, procurou um colega e avisou que faltaria ao trabalho nesta sexta-feira.
Os corpos de Azaíde, Regiane e Edílson foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Paranaíba, a 70 quilômetros de Chapadão do Sul.

Fonte: Terra notícias

-------------------------------------------------------------------

Nota do Portal Anjo, www.portalanjo.com

Diz na Sagrada Escritura:

"Nota bem o seguinte: nos últimos dias haverá um período difícil.
Os homens se tornarão egoístas, avarentos, fanfarrões, soberbos, rebeldes aos pais, ingratos, malvados, desalmados, desleais, caluniadores, devassos, cruéis, inimigos dos bons, traidores, insolentes, cegos de orgulho, amigos dos prazeres e não de Deus, ostentarão a aparência de piedade, mas desdenharão a realidade. Dessa gente, afasta-te!" (2 Tm 3,1-5)

"Pois de ora em diante haverá numa mesma casa cinco pessoas divididas, três contra duas, e duas contra três; estarão divididos: o pai contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora, e a nora contra a sogra.
Dizia ainda ao povo: Quando vedes levantar-se uma nuvem no poente, logo dizeis: Aí vem chuva. E assim sucede.
Quando vedes soprar o vento do sul, dizeis: Haverá calor. E assim acontece.
Hipócritas! Sabeis distinguir os aspectos do céu e da terra; como, pois, não sabeis reconhecer o tempo presente?" (Lc 12, 52 - 56)




Rainha Maria - Todos os direitos reservados

PluGzOne