Fim dos Tempos: Estado Islâmico mata cristão por ter encontrado cruz em carteira


25.08.2014 -

n/d

Quando o Estado Islâmico no início de agosto atacou a última fortaleza do governo sírio no norte da al-Raqqa, eles capturaram um regimento da Brigada 93. 90 é o número dos combatentes do IS que foram mortos na batalha, e 300 soldados sírios foram mortos e mais de 100 foram capturados, incluindo dois generais de Brigada.

Editamos a maior parte da decapitação das filmagens do vídeo, e focamos em uma história: a execução de um soldado cristão. A carteira do cristão foi revistada e encontraram uma cruz, e a legenda no vídeo "A nação da descrença são todos um", insinuando que um cristão é tão ruim quanto um descrente no Islã. Em seguida, a câmera se afasta em dois cativos, o primeiro é um xiita que é morto, sem dúvida, e o outro é o cristão que é rapidamente dada a sua última chance de se converter ao islamismo, ele rejeita e é baleado no local com um tiro adicional de pura vingança.

Mártir em Cristo, na presença do Paraíso está sua alma, e é sempre mais na presença da Santíssima Trindade, para ele, como um bom soldado, obedecer as palavras de Cristo, quando Ele declarou: "Quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á, mas quem perder a sua vida por minha causa, esse a salvará." (Lucas 9, 24)

Tal mártir é um sacrifício vivo, morrendo de tanta honra e confiança sublime na recompensa dada para aqueles que perseverarem até o fim. Ele entra Céu, e podemos dizer como São Paulo: "Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé". (2 Timóteo 4, 7).

Quem pode negar a força interna desse homem? Ele foi morto na Cruz e carregou sua cruz, para ser "crucificado com Cristo" (Gálatas 2, 20), ter "comunhão dos seus sofrimentos, sendo feito conforme à sua morte". (Filipenses 3, 10).

Nosso Senhor nos diz: "Quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim." (Mateus 10, 38) E, diga-me, quem é mais digno do que aquele que imita Cristo no mais alto nível, tomar a cruz e ser morto como mártir, como Cristo foi condenado à morte no pico elevado do Gólgota?
Ele foi apreendido pelos pagãos, levado para os campos de morte por portar a Cruz, por muçulmanos
"inimigos da cruz de Cristo" (Filipenses 3, 18); ele foi abatido, e tendo, portanto, sobre a sua carne as chagas de Cristo. Os muçulmanos o de chamaram de porco, e neste momento glorioso, antes de seu sacrifício, ele estava como Cristo quando os guardas "zombavam dele, ferindo-o." (Lucas 22, 63)

Nesse tempo, quando o Deus atemporal foi incorporado com a carne temporal da humanidade, ferido e açoitado, exausto e ressequido, abandonado e esquecido, fez os guardas perversos e cruéis empurrarem em cima de sua santa cabeça os espinhos da terra, enraizado nas florestas do abismo. E para este mártir da Síria, foi também a ele dado este mesmo tratamento, sendo infligido com uma coroa de espinhos, apenas para ser dada uma coroa de glória.

Aqueles muçulmanos que infligiram isso a este santo, o fizeram para apaziguar a carne, que apresentam a si poder e dominação, mas é apenas um prazer temporal vindo do inferno e se manifestando na condescendência deformada de crueldade. Mas este mártir, embora ele suportasse a dor e sofrimento, e foi dominado pelos escravos dos demônios, era mais livre e liberto do que o mais poderoso dps criminosos, pois, embora ele foi atingido, ele continuou resistindo na fé, ameaçado de morte, ele preservou, nunca permitindo que os grilhões da vida dos ímpios o levassem para baixo, nem permitindo que os grilhões diabólicos o prendessem em carne e osso.

Mas ele, nunca cessando nesse pequeno momento, nunca concordou com as demandas das nações. Foi dentro desse pequeno exemplo de tempo, que lhe foi dada uma escolha simples: curvar-se diante do diabo, ou perecer sob a espada. E nesse momento finito, no que parece ser, mas apenas uma questão infinitesimal de tempo, ele deixou o tempo, e entrou a eternidade.

Seus inimigos acreditavam que eles fizeram um serviço para Deus, matando-o, vendo-se como reis conquistadores, sem saber que a pessoa que consideram um inimigo vencido, era um guerreiro glorioso, entrou no Reino dos Céus para receber a coroa de um cavaleiro. Pois, como nos diz Paulo ",eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; mas nós uma incorruptível. (I Coríntios 9, 25)

Fonte: Blog Libertar

 

Nota de www.rainhamaria.com.br

VEJA O VIDEO

ATENÇÃO...ATENÇÃO...ATENÇÃO...

IMAGENS DESACONSELHADAS PARA PESSOAS SENSÍVEIS.

A câmera se afasta em dois cativos, o primeiro é um xiita que é morto, sem dúvida, e o outro é o cristão que é rapidamente dada a sua última chance de se converter ao islamismo, ele rejeita e é baleado no local com um tiro adicional de pura vingança.

Mas, porque mostrar tais imagens sr. Kutscher??

Isto é o minimo que posso fazer pelo meu irmão em Cristo, sacrificado por sua fé inabalável, devo a ele como combatente a serviço do REI JESUS, que eu mostre essas imagens.

(tem uma pequena propaganda inicial antes do video)


 

Diz na Sagrada Escritura:

"Foi em ti que se encontrou o sangue dos profetas e dos santos, como também de todos aqueles que foram imolados na terra" (Apocalipse 18, 24)

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação? A angústia? A perseguição? A fome? A nudez? O perigo? A espada?" (Romanos 8,35)

"Então sereis entregues aos tormentos, matar-vos-ão e sereis por minha causa objeto de ódio para todas as nações". (Mateus 24,9)

"Quando o Cordeiro abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as vidas daqueles que tinham sido imolados por causa da Palavra de Deus e por causa do testemunho que dela tinham dado.

Eles gritaram em alta voz: Senhor santo e verdadeiro, até quando tardarás em fazer justiça, vingando o nosso sangue contra os habitantes da Terra?

Então foi dada a cada um deles uma veste branca. Também lhes foi dito que descansassem ainda algum tempo, até que ficasse completo o número dos seus companheiros e irmãos que iriam ser mortos como eles". (Apocalipse 6, 9 -11)

"Por isso, num só dia virão sobre ela as pragas: morte, pranto, fome. Ela será consumida pelo fogo, porque forte é o Senhor Deus que a condenou.
Hão de chorar e lamentar-se por sua causa os reis da terra que com ela se contaminaram e pecaram, quando avistarem a fumaça do seu incêndio.
Parados ao longe, de medo de seus tormentos, eles dirão: Ai, ai da grande cidade, Babilônia, cidade poderosa! Bastou um momento para tua execução!" (Apocalipse 18 , 8-10)

www.rainhamaria.com.br

 

VEJA TAMBÉM...

Cristãos no Iraque: Preferimos morrer a esconder a nossa cruz

Fim dos Tempos: Imagem de Nossa Senhora chora sangue em Igreja no Iraque

Fim dos Tempos: Extremistas muçulmanos decapitando crianças cristãs

Iraque: Mais um Coliseu da Era Moderna...o Fim do Cristianismo em solo iraquiano

Iraque: Estado Islâmico matará 150 familias cristãs se não se converterem ao Islã

Fim dos Tempos: Gritos de mulheres e crianças enterradas vivas atormentam refugiados

 

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne