A rebelião final contra Deus continua: Livro infantil do MEC, distribuído nas escolas, ensina as crianças a evocar espíritos, seguindo doutrinas diabólicas


27.04.2016 - Hora desta Atualização - 08h45

n/d

Além da doutrinação gay, agora esse governo quer iniciar nossos filhos à feitiçaria?

A "quem" será que interessa atiçar a curiosidade natural de crianças para práticas como ocultismo e evocação de entidades?

"O Espírito diz expressamente que, nos tempos vindouros, alguns hão de apostatar da fé, dando ouvidos a espíritos embusteiros e a doutrinas diabólicas..." (I Timóteo 4, 1)

"será que os alunos não buscarão reproduzir a experiência sobrenatural dos personagens? Quais as possíveis consequências dessa eventual experimentação, visto que trata-se de prática sujeita a efeitos concretos?

"Evocação é o título do livro escrito por Márcia Kupstas, com prefácio do novelista Walcyr Carrasco. Trata-se de uma obra do gênero terror, com a ocorrência de eventos sobrenaturais, destinada ao público infanto-juvenil.

n/d

Este livro foi distribuído no começo do ano para escolas públicas de todo o país, visto que integra o acervo de livros literários selecionados em 2013, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e pelo Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE). De acordo com a classificação feita pelo Ministério da Educação (MEC), serve do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, ou seja, atende alunos que tenham entre 11 e 15 anos.

Ele conta aventuras de 5 adolescentes entre 12 e 17 anos, durante as férias escolares numa casa de praia do litoral norte paulista. Uma das aventuras foi brincar de consultar o sobrenatural com o jogo do copo ou tabuleiro ouija. A brincadeira, porém, fugiu ao controle do grupo com a aproximação do suposto espírito de um jovem surfista e a ocorrência de outros fenômenos sobrenaturais.

n/d

O tabuleiro ouija que foi utilizado pelos adolescentes, com respostas sim ou não escritas em papel e o copo servindo de indicador, é uma variante do mesmo instrumento de superfície plena, letras, números, símbolos e indicador móvel utilizado pelas irmãs americanas Kate e Margaret Fox para se comunicarem com espíritos.

n/d

O livro trata de questões filosóficas e espirituais complexas como o destino, livre arbítrio, morte e pós-morte, possessão, necromancia, mediunidade, tudo de acordo com a visão da doutrina espírita. Essas questões são resolvidas ora pela narradora-personagem Magda ou pela sua avó Magdalena, professora universitária, pesquisadora e parapsicóloga.

Considerações

No anexo 1, há o testemunho da narradora-personagem dizendo que sua iniciação em experiências sobrenaturais deu-se aos 15 anos. A personagem mais nova, tem 12 anos. Coincidentemente, essa é a faixa etária de leitores recomendada pelo MEC.

Cabem as perguntas: será que os alunos não buscarão reproduzir a experiência sobrenatural dos personagens? Quais as possíveis consequências dessa eventual experimentação, visto que trata-se de prática religiosa sujeita a efeitos concretos?

Nos anexos 2 e 3, consta a suposta conversa do grupo com o espírito do jovem surfista.

Cabe a pergunta: qual o impacto que esta possibilidade de evocação de espírito pode ter na crença de um aluno-leitor que pertença a uma família que não acredita na comunicação dos vivos com os mortos?

Nos anexos 4 e 5, acontece o desfecho da história e onde são tratadas as grandes questões doutrinárias do livro. Uma forte defesa da doutrina espírita.

A própria autora, em entrevista publicada no mesmo livro, admite que acredita na realidade dessas manifestações espiritualistas. Ela, no entanto, pondera que é possível aos leitores fazerem outra interpretação, creditando as manifestações sejam fantasias e no máximo, obra de fantasmas.

Estes questionamentos se baseiam no esforço deliberado das diretrizes educacionais públicas brasileiras pelo apagamento dos valores culturais das tradições judaica e cristã. Os livros didáticos e paradidáticos quase não fazem mais referência à religiosidade cristã, por exemplo. Por outro lado, privilegiam outras manifestações religiosas, principalmente aquelas ligadas à Nova Era e as espiritualistas.

Essa política medida e consciente de desconstrução, apagamento e substituição religiosa através da escola tem trazido desconforto aos mais de 80% de cristãos (católicos e evangélicos). E é a esse grupo majoritário que pertencem as crianças, adolescentes e jovens das escolas públicas.

Orley José da Silva, é professor em Goiânia, mestre em letras e linguística (UFG) e mestrando em estudos teológicos (SPRBC) Fonte: Blog Libertar

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

Primeiro...

Diz na Sagrada Escritura:

"Não se ache o meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação, à astrologia, aos agouros, ao feiticismo, à magia, ao espiritismo, à adivinhação ou à invocação dos mortos, porque o Senhor, teu Deus abomina aqueles que se dão a essas práticas, e é por causa dessas abominações que o Senhor, teu Deus, expulsa diante de ti essas nações" (Dt 18,10-12).

"Não recorrais aos médiuns, nem consulteis os espíritos para não vos tornardes impuros. Eu sou o Senhor vosso Deus" (Lv 19,31).

Segundo...

Sobre espíritos humanos vagando na Terra, que possam ser evocados a qualquer momento.

A Bíblia afirma que cada pessoa vive uma só vez e depois de morrer enfrenta o julgamento de DEUS. Assim, não há nenhuma indicação que o seu espírito permanece na terra.

"Como está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo". (Hebreus 9, 27)

Então, conforme já disse e repito...

Este é o tempo profetizado e anunciado na Sagrada Escritura, em que Satanás iria deflagrar todo seu ódio contra a Igreja e contra a humanidade, afim de conseguir o máximo de almas, para dividir com ele a sua sentença eterna no abismo infernal, sabendo que pouco tempo lhe resta, antes que seja julgado e precipitado para sempre no inferno, lugar de condenação eterna para o demônio e todos que se rebelam contra o DEUS Altíssimo, Pai, Filho e Espírito Santo.

“Ó terra e mar, cuidado! Porque o Demônio desceu para vós, cheio de grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta” (Apocalipse 12, 12)

Satanás quer o máximo de almas para dividir com Ele sua condenação eterna no abismo infernal. É obrigação dos verdadeiros Filhos de Maria Santíssima, os apóstolos dos Últimos Tempos, guerrear contra Satanás e suas legiões malignas, buscando e salvando as almas para o Glorioso REI Jesus e Seu Pai Altíssimo.

"Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.
Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever". (Efésios 6, 12-13)

Satanás, a "velha" serpente, é muito astuto, tomou de assalto aos corações que estão sempre prontos a escutar as modas e novidades do mundo, que dão ouvidos a doutrinas diabólicas, com seus espíritos mentirosos, assim tenta dominar com suas mentiras a outros corações.

"O Espírito diz expressamente que, nos tempos vindouros, alguns hão de apostatar da fé, dando ouvidos a espíritos embusteiros e a doutrinas diabólicas..." (I Timóteo 4, 1)

"Vós tendes como pai o demônio e quereis fazer os desejos de vosso pai. Ele era homicida desde o princípio e não permaneceu na verdade, porque a verdade não está nele. Quando diz a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira". (São João 8, 44)

"Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem, mal, que mudam as trevas em luz e a luz em trevas, que tornam doce o que é amargo, e amargo o que é doce!" (Isaías 5, 20)

Salvem suas crianças, salvem seus filhos, sobrinhos e netos,  enquanto ainda há tempo.

"Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar". (1 Pedro 5,8)

n/d

Não deixem as suas crianças e os seus filhos se tornarem "bestas" influenciadas pelo espiríto de rebelião maligno que tomou de assalto o coração de muitos homens. Não deixem seus filhos, netos, sobrinhos...se desviarem do Caminho da Salvação Eterna, seguindo essas doutrinas mentirosas e erradas, que conduzem a perdição no inferno.

n/d

"Há caminhos que parecem retos ao homem e, contudo, o seu termo é a morte". (Provérbios 16, 25)

"Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte". (Apocalipse 21, 8)

Diz ainda na Sagrada Escritura:

"Destruirei tudo sobre a face de terra - oráculo do Senhor; farei perecer homens e animais, aves do céu e peixes do mar; exterminarei os ímpios com seus escândalos, farei desaparecer os homens da superfície do mundo - oráculo do Senhor. Estenderei a mão contra Judá, e contra os habitantes de Jerusalém, e exterminarei desse lugar tudo o que resta de Baal, até o nome de seus servos e de seus sacerdotes".  (Sofonias 1, 2-4)  (Baal = Demônio)

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne