Ela compra pão e café para um mendigo. Mas quando ela leu o bilhete que ele deixou, foi algo que tocou seu coração profundamente


06.01.2017 -

n/d

Apesar de considerarmos que o mundo está cada vez mais evoluído, existem milhões de pessoas sem-abrigo por todo o planeta. Estamos sempre a investir em novas tecnologias para tornar os nossos dias mais confortáveis, mas muitos desabrigados sonham apenas com um teto e comida.

Quando Casey Fischer acordou para ir para a faculdade, ela encontrou um desses homens que vivia nas ruas. O que aconteceu entre a jovem e o sem-abrigo, cujo nome era Chris, tocou a alma de Casey profundamente.

Logo que chegou em casa, a garota resolveu compartilhar no Facebook o que se tinha passado naquela manhã. O texto está comovendo as pessoas por toda a Internet… Não consegui conter as lágrimas!

“Hoje, eu estava a caminho da faculdade quando vi um desabrigado cantando na calçada, contando moedas. Eu o observei enquanto ele entrava numa lanchonete da Dunkin’ Donuts. Ele estava contando as moedas para comprar algo. Não sei porquê, mas eu comecei a importuná-lo, falando com ele sem parar, mesmo percebendo que ele não estava querendo muita conversa.

Como ele só tinha 1 dólar no bolso, eu lhe comprei um café, um sanduíche, e pedi que ele se sentasse a meu lado.

n/d

Nesse momento, ele começou a me contar como normalmente as pessoas o tratavam mal por ser mendigo. Ele me disse que as drogas o tinham transformado em alguém que ele não queria ser. Falou também que a sua mãe morreu de câncer, e que ele nunca tinha conhecido seu pai. Seu desejo era se tornar alguém que sua mãe se orgulhasse. (Ele também contou muitas outras coisas que valeriam horas de conversa).

Este homem adorável se chamava Chris, e ele é uma das pessoas mais honestas e sinceras que já conheci até hoje. Depois de perceber que estava atrasada para a aula, e avisá-lo de que eu iria seguir meu caminho, Chris pediu que esperasse mais um minuto.

Ele queria me escrever algo. Quando terminou, o homem me entregou um pedacinho de papel, pedindo desculpas pela letra feia. Então, ele sorriu e foi embora.

Quando eu abri a pequena nota, encontrei estas palavras:

"Eu tinha planejado me suicidar hoje. Porém, por causa de você, eu mudei de ideia. Obrigada, pessoa bonita".

n/d

Graças a atitude de Casey, o sem-teto ganhou ânimo e vontade de viver. Infelizmente, ele é apenas um entre milhões de pessoas que lutam diariamente para sobreviver. Este é um exemplo de como uma conversa ou uma palavra amiga pode fazer a diferença. E você, já fez alguém feliz hoje? Fonte: Aleteia

=============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Lembrando...

Santa Teresa de Calcutá: Aprenderemos a servir

n/d

Seja o que for que fizeres, nem que seja ajudar alguém a atravessar a rua, é a Jesus que o fazes. Dás um copo de água, e é a Jesus que o dás (Mt 25, 35) – pequeno preceito de nada, mas crucial, sempre mais esclarecedor. Não devemos temer o amor de Cristo, amar como Ele amou. Pouco importa que o nosso trabalho seja modesto, humilde; façamo-lo com o amor do próprio Cristo.

Cristo disse: «Tive fome e destes-Me de comer» (Mt 25, 35). Teve fome não só de pão, mas também da estima acolhedora que nos permite sentirmo-nos amados, reconhecidos, sermos alguém aos olhos de outrem. Foi desprovido não só da Sua roupa, mas também da dignidade e do respeito humano pela grande injustiça cometida para com o pobre, que é precisamente o ser-se desprezado por ser pobre. Foi privado não só de um teto, mas também sofreu as privações por que passam os encarcerados, os rejeitados e os escorraçados, aqueles que vagueiam pelo mundo sem ter ninguém que se importe deles.

n/d

Ao desceres a rua, sem outro propósito senão esse, talvez atentes naquele homem, ali na esquina, e vás ao seu encontro. Talvez ele fique de pé atrás, mas tu permaneces lá, diante dele, na sua frente. Tens de irradiar a presença que trazes dentro de ti com o amor e a atenção para com o homem a quem te diriges. E porquê? Porque, para ti, se trata de Jesus. Sim, é Jesus, mas não pode receber-te em Sua casa — eis porque tens de ser tu a dirigir-te a Ele. Ele está escondido ali, naquela pessoa. Jesus, oculto no mais pequenino dos irmãos (Mt 25, 40), não só cheio de fome por um bocado de pão, mas também por amor, por reconhecimento, por ser tido como alguém com valor".

Beata Teresa de Calcutá (1910-1997), fundadora das Irmãs Missionárias da Caridade.

Disse São João Crisóstomo: "Que proveito resulta de a mesa de Cristo estar coberta de taças de ouro, se Ele morre de fome na pessoa dos pobres? Sacia primeiro o faminto, e depois adornarás o Seu altar com o que sobrar. Fazes um cálice de ouro e não dás um copo de água fresca. Honras a Deus no templo com vestes de seda, enquanto O abandonas lá fora ao frio e à nudez?"

 

Veja também...

Lembrando os moradores de rua contam histórias de vida e motivos para estarem nas ruas: Somos todos invisíveis. Nossa presença não faz diferença para ninguém

Lembrando a Vida nas Ruas: Meu sonho era tomar leite e comer pão todos os dias

Santo Afonso de Ligório: Examina agora, meu irmão, se tens a fé, que é acompanhada de frutos de boas obras. Reflete bem, que muitos cristãos, teus semelhantes, estão agora queimando no inferno por haverem tido uma fé morta

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne