O grande objetivo do Anticristo, é que os fiéis vivam em pecado mortal, comunguem em pecado mortal, que os eclesiásticos colaborem nisso. O homem já não obedecerá a Deus


09.02.2017 -

n/d

Por Padre Juan Manuel Rodriguez de la Rosa – Adelante la Fe | Tradução Sensus Fidei:

Queridos irmãos, o Anticristo não deseja nada além de uma única coisa, a condenação de todas as almas. Essa é sua razão para agir, o seu fim, a sua vitória. A condenação eterna das almas, essa é a razão de ser do Anticristo. Ele empregará todos os meios necessários para fazê-lo, o meio fundamental, o que é próprio de seu ser, a mentira. Porque o Anticristo é o pai da mentira. Ele não revelará sua identidade até que tenha alcançado o seu objetivo, ou seja, até que creia ter atingido o seu propósito.

O primeiro objetivo do Anticristo será angariar adeptos, não é um bom pastor que cuida das suas ovelhas, é um impostor que busca adeptos que o sigam cegamente, e que cegamente se condenem. Por esta razão, o Anticristo não negará nenhum dogma católico, inicialmente os confirmará e os defenderá. Não negará a divindade de Jesus Cristo. Não negará a Encarnação do Verbo de Deus. Não negará a Virgindade da Santíssima Virgem.

O Anticristo falará de Jesus Cristo para a Igreja e de um Deus sem nome ao mundo, promovendo, sob pretendidos pretextos de justiça, paz, solidariedade, uma religião mundial que agrupe todas as religiões.

Deixará os dogmas de lado, à espera de que se ponham em causa pelos fiéis e eclesiásticos, pelos adeptos, e para isso minará a razão de ser dos sacramentos. Sem atacá-los diretamente, o Anticristo, astutamente, dará normas e atuará de tal forma que os sacramentos fiquem totalmente destituídos e sem conteúdo. Os Sacramentos ficarão transformados em uma paródia do que realmente são. Este será o principal caminho pelo qual conduzirá a Igreja. Seu grande objetivo é que os fiéis vivam em pecado mortal, comunguem em pecado mortal, que os eclesiásticos colaborem nisso, e por sua vez vivam em pecado sem nenhum apreço para com a santidade do sacerdócio. O homem já não obedecerá a Deus, mas o corpo.

O Anticristo se valerá para os seus fins de seu prestígio pessoal, o qual buscará a todo custo. Graças ao seu prestígio, astutamente agirá através de gestos que seus adeptos saberão interpretar em palavras. Seus adeptos cegamente o seguirão, assim como seguirão todas as instruções que ele lhes dê, sem considerar sua idoneidade ou conformidade com a fé católica tradicional. O seu trabalho será conjunto, dentro da Igreja e para o mundo, do qual quererá converter-se em um líder espiritual.

O Anticristo será revelado

Apenas dar-se-á  a conhecer quando pensar ter transformado a Igreja em cinzas, ou seja, ter fechado aos fiéis o caminho da salvação com a devastação da fé, com a sua deformação, de tal modo que ela se torne irreconhecível. Ele dar-se-á a conhecer quando os que vivem alegremente em pecado, fornicando, homens com homens, mulheres com mulheres, comprovem com terror inaudito que o corpo acima deles, e que até agora lhes dava prazer, é o próprio demônio. Ficarão horrorizados de espanto quando virem a própria face de satanás sobre eles. Então, compreenderão claramente seu pecado e desejarão fervorosamente arrepender-se, mas, para muitos, já não será mais possível. Seguiram alegremente o Anticristo e pecaram, quando tinham a possibilidade de não fazê-lo. Mas pecaram. Muitos quererão confessar-se, mas já não encontrarão mais sacerdotes, e estarão plenamente conscientes de sua condenação. Chegaram tarde. Já não encontrarão quem os confesse e possa salvá-los do fogo eterno. Será terrível a agonia da alma.

O Anticristo rirá de satisfação, enquanto as almas se condenam. Pensará que chegou o tempo de seu reinado. Mas estará totalmente equivocado.

O Apocalipse se cumprirá

Então, Deus Todo-Poderoso intervirá quando o Anticristo acreditar que seu reinado terá iniciado; ficará desconcertado porque não saberá o que acontece. Não esperava a ação divina e não saberá como agir. Começará, então, a purificação da Igreja. A tribulação é inevitável.

O que fazer para ser salvo? Ir para o Tabor. Como se chega até ele? Estando em permanente estado de graça. Vivendo os sacramentos, cumprindo fielmente os mandamentos da Lei de Deus, rejeitando absolutamente qualquer coisa que se oponha a eles; sendo fiéis ao ensinamento tradicional recebido no depósito da fé.

A tribulação será muito difícil, pois veremos justos caírem em pecado; nossa dor interior será o máximo possível de suportar, teremos a sensação de estar sozinhos. Veremos aqueles que eram fiéis trair o Senhor. Quantos resistirão?

Seremos fortemente tentados, mas o Senhor nos diz para não temer o que haveremos de padecer. Anunciando-nos o padecimento nos permite tornar-nos fortes e estarmos preparados. O Apocalipse adverte-nos “não tenhais medo” (2, 10), para o nosso bem, para que estejamos prevenidos, para que tenhamos “a casa fortificada”. Aqueles que resistem sofrendo ganharão o Céu, e para resistir nada melhor do que ir para o Tabor, ou seja, revestir-nos com as armas da fé.

Queridos irmãos, do Tabor a tudo veremos, suportaremos e resistiremos.

A Santíssima Virgem salvará muitas almas

Nossa Mãe do Céu salvará a muitos, a todos aqueles que a amam, a todos aqueles que fervorosamente rezam o Santo Rosário. Ela tem permanecido sempre ao lado de Seu santíssimo Filho, e também permanecerá no momento da tribulação. Ela esmagou a cabeça do inimigo maligno, tem-no esmagado sob seu bendito pé. Mas o maligno continua a rondar constantemente à nossa volta. Como resistir-lhe? Vivendo em acrisolada pureza. O Senhor nos quer limpos e puros. Quem não vive a pureza não resistirá à tentação. O impuro é fácil de se tornar adepto do Anticristo, porque não o censurará, pelo contrário, encorajá-lo-á a desfrutar do prazer do corpo.

Quem cuida das ovelhas? Os pastores fiéis ao ensinamento tradicional da Igreja que pregam e ensinam com clareza. Os pastores que apontam o pecado e advertem o pecador de sua situação de condenação de sua alma. Os pastores que amam verdadeiramente a Igreja de Cristo, fundada e fundamentada no Calvário, e não querem deixar sozinho o Senhor na Cruz.

O verdadeiro pastor é aquele que está disposto a ser mártir da verdade da fé católica indeformável.

O verdadeiro pastor é aquele que ama ternamente a Santíssima Virgem Maria, e permanece unido a Ela ao pé da Cruz, em uma vida limpa, pura, de oração, penitência e sacrifício, reparando as ofensas a nosso Senhor Jesus Cristo.

O Anticristo não reinará nas almas guiadas por um Pastor fiel que quer ser outro Cristo.

Cristo reinará.

Ave Maria Puríssima.

Pe. Juan Manuel Rodriguez de la Rosa.

Publicado originalmente: Adelante la Fe – El Anticristo no reinará

Via: www.sinaisdoreino.com.br

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

Primeiramente...

Lembrando o Padre Leonardo Castellani: O Homem do Pecado (anticristo) tolerará e se aproveitará de um cristianismo adulterado. Imporá por todas as partes o reino da iniqüidade e da mentira.

“O Homem do Pecado tolerará e se aproveitará de um cristianismo adulterado... Imporá por todas as partes o reino da iniqüidade e da mentira, o governo puramente exterior e tirânico, a “Liberdade” desenfreada dos prazeres e diversões, a exploração do homem; e seu modo de proceder hipócrita e sem misericórdia. Haverá em seu Reino uma estrondosa alegria falsa e exterior, cobrindo o mais profundo desespero. Em seu tempo acontecerão os mais estranhos distúrbios cósmicos, como se os elementos se houvessem revoltado. A humanidade estará numa grande expectativa e reinará grande confusão e dissipação entre os homens. Rompidos os laços de família, de amizade, de lealdade e bom relacionamento, os homens não poderão confiar em ninguém, e correrá no mundo como um tremor frio, um universal e ímpio “salve-se quem puder”. Será atropelado o que há de mais sagrado e nenhuma palavra terá mais fé, nem pacto algum terá vigor, senão pela força. A caridade heróica de alguns fiéis, transformada em amizade até a morte, manterá no mundo ilhotas de fé; porém mesmo ali, ela estará continuamente ameaçada pela traição e pela espionagem". (Padre Leonardo Castellani 1899-1981, Los Papeles de Benjamin Benavides)

Devo também lembrar as palavras do Padre Emanuel, ainda no século XIX, em seu escrito: O Drama do Fim dos Tempos.

“Estas são as marcas da vinda do Anticristo:

Quando os velhos não tiverem nem bom senso nem prudência,
Quando os cristãos estiverem sem fé,
Quando os cristãos estiverem sem amor, eles falarão de amor, mas não terão amor pelo próximo,
Quando os ricos forem sem misericórdia.
Quando os jovens não tiverem respeito,
Quando as mulheres tiverem perdido o pudor,
Quando, no casamento, não houver mais continência,
Quando os clérigos forem sem honra e sem santidade,
Quando os religiosos não tiverem verdade nem austeridade, sacerdotes bispos e padres, serão homens frívolos, completamente incapazes de distinguir entre o caminho da direita e o da esquerda,
Quando os bispos não tiverem piedade. As igrejas serão privadas de pastores piedosos e tementes a Deus, e infelizes dos cristãos que estiverem na terra nesses momentos! Perderão a fé, porque não haverá mais quem lhes mostre a luz da verdade,
Quando os governantes da terra não tiverem nenhuma misericórdia”.

Em outras palavras, estas são as marcas, os sinais claros, que o anticristo está as portas do mundo, prestes a surgir no cenário mundial, para dar inicio ao complemento final do Apocalipse.

Todas estas marcas acima descritas, podemos ver claramente em nossos dias.

Tristes dias para humanidade e igualmente para Santa Igreja Católica. Onde homens inspirados pelo "pai da mentira", a velha serpente que já os enganou antes, está seduzindo novamente seus corações, querendo tomar de assalto o Lugar Santo de DEUS. Com discurso de "misericórdia para todos", aboliu o pecado, dando ao homem plena liberdade para pensar, agir e cometer atos, que ofendem as Leis e Preceitos do Altíssimo.

Apagando de seus corações a Verdade, rasgando a Palavra de Deus dos corações, pois está escrito...

Disse o Mestre Jesus: "Vai e não tornes a pecar". (São João 8, 11)

Agora, aqueles que deveriam zelar pela Palavra de DEUS, usam de pretexto a "misericórdia" do SENHOR, para justificar que todo procedimento indigno, vergonhoso, pecaminoso, que ofende a DEUS, pode ser sempre cometido, pois, declaram que a Misericórdia de DEUS, sempre perdoará seus pecados, não importando mais que o "pecado" se torne algo comum em suas vidas, que o pratiquem cada vez mais.

No entanto, diz na Sagrada Escritura:

"Não digas: A misericórdia do Senhor é grande, ele terá piedade da multidão dos meus pecados, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa aos pecadores". (Eclesiástico 5, 6)

Então, se aqueles que tinham por obrigação zelar pela Santa Palavra de Deus, que são os sacerdotes, bispos, cardeais... querem justificar o pecado, tornando-o algo banal, ao invés de seguir os ensinamentos do Eterno Bom Pastor Jesus, dizendo igualmente a suas ovelhas: "Vai e não tornes a pecar"(São João 8, 11). Mas, agora dizem: "Vai e tornes a pecar quantas vezes quiserdes". 

Estes "falsos pastores do rebanho", se tornaram "lobos em pele de cordeiro", inspirados pelo espírito de rebelião do demônio, visto que ele peca desde o inicio, conforme diz na Sagrada Escritura...

"Aquele que peca é do demônio, porque o demônio peca desde o princípio. Eis por que o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do demônio". (I São João 3, 8)

Para estes, que se vestem como "cordeiro", mas falam como "dragão", usando de pretexto a Misericórdia do Altíssimo, para aprovar todo o procedimento indigno, vergonhoso e pecaminoso, que ofende a DEUS, o SENHOR VOS DIZ...

"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos". (Isaías 55, 8-9)

Sobre o Falso Profeta e o Anticristo, gravem no coração a seguinte passagem da Sagrada Escritura...

"A manifestação do ímpio será acompanhada, graças ao poder de Satanás, de toda a sorte de portentos, sinais e prodígios enganadores. Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não terem cultivado o amor à verdade que os teria podido salvar. Por isso, Deus lhes enviará um poder que os enganará e os induzirá a acreditar no erro. Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal". (II Tessalonicenses, 2, 9)

Disse também o Padre Emanuel, no século XIX:

Sobre o aparecimento do Anticristo...

“Apresentar-se-á como cheio de respeito pela liberdade das religiões, uma das máximas e uma das mentiras da besta revolucionária.

n/d

n/d

Dirá aos budistas que é um Buda; aos muçulmanos, que Maomé é um grande profeta... Talvez até irá dizer, em sua hipocrisia, como Herodes seu precursor, que quer adorar Jesus Cristo. Mas isso não passará de uma zombaria amarga. Malditos os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável Salvador seja posto lado a lado com outras seitas e mestres. E Deus, infinitamente bom, vendo a decadência da raça humana, abreviará os dias, por amor ao pequeno número dos que deverão ser salvos, porque o inimigo desejaria arrastar até mesmo os eleitos a tentação, se tal fosse possível. Então a espada do castigo virá de repente e derrubará o Corruptor e seus servidores".

"Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não terem cultivado o amor à verdade que os teria podido salvar". (II Tessalonicenses, 2, 10)

"Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal". (II Tessalonicenses 2, 12)

"Mas a Fera foi presa, e com ela o falso profeta, que realizara prodígios sob o seu controle, com os quais seduzira aqueles que tinham recebido o sinal da Fera e se tinham prostrado diante de sua imagem. Ambos foram lançados vivos no lago de fogo sulfuroso". (Apocalipse 19, 20)

 

Veja também...

Padre João Batista Costa: A nova Inquisição contra os cardeais rebeldes. Uma inquisição bem gosto dos tempos modernos, bem adaptada à mentalidade do homem de hoje, que promove o aborto, o casamento gay e o pecado

Os erros de Amoris Laetitia: Quando os membros da Igreja abraçam o espírito do mundo, e quando especialmente a hierarquia traem sua missão de pregar o Evangelho da Verdade e da Salvação

O tempo que Nossa Senhora anunciou em Fátima é agora: O que poderemos nós dizer de um Papa que vai honrar Lutero em vez de honrar a Virgem Santíssima no próprio dia aniversário do Milagre do Sol

Apostasia na Igreja de acordo com as visões da Beata Catherine Emmerich. Ela vê claramente nos últimos tempos, a batalha final entre o bem e o mal, a falsa igreja e o falso ecumenismo, cristãos serão enganados e induzidos ao erro

Padre Malachi Martin, que leu o Terceiro Segredo de Fátima: A apostasia na Igreja é o contexto do Terceiro Segredo. Cardeais, Bispos e Padres estão a cair no inferno como folhas. A Fé desaparecerá de países. O Castigo virá e será o pior pesadelo

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne