A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) defendeu durante o evento, Estado de Direito ou Estado de Exceção, que haja derramamento de sangue, declarou: Vou à luta, e vamos à luta, com qualquer que seja as nossas armas


02.06.2017 -

n/d

A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) defendeu que haja “derramamento de sangue” para que tenhamos “redenção” durante o evento “Estado de Direito ou Estado de Exceção”, promovido na última segunda (29) pelo PT no Senado e na Câmara, Fundação Perseu Abramo (fundação oficial do PT) e Frente Brasil de Juristas pela Democracia.

De acordo com a deputada: “Quem sabe faz a hora e faz a luta; e a minha (sic) bíblia está escrito que sem derramamento de sangue, não haverá redenção. Vou à luta, e vamos à luta, com qualquer que seja as nossas armas”. A declaração foi aplaudida de pé pelos apoiadores petistas presentes no evento. Confira abaixo:

Fonte: Blog Libertar

 

Veja também...

Lembrando: A Virgem Santíssima afirma que o Brasil passará por uma sangrenta revolução promovida pelo comunismo

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne