A rebelião final contra Deus continua: Dinamarca diz a ONU, que mulher grávida é termo transfóbico, pois os homens também podem estar grávidos


12.10.2017 -

n/d

A Dinamarca recomendou que o Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, não use o termo "mulher grávida", porque exclui "pessoas transexuais". O pequeno país europeu também disse que sua interpretação do "direito à vida" inclui o direito ao aborto.

O Comitê de Direitos Humanos aceita comentários dos países sobre o Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos, em particular a seção que aborda o "direito à vida".

O uso de termos no rascunho é, por vezes, "muito geral", escreveu o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Dinamarca. "Embora o direito à vida seja fundamental, deve-se ter cuidado para não conectá-lo a todos os aspectos possíveis das violações dos direitos humanos".

O documento da ONU diz que "reconhece e protege o direito à vida de todos os seres humanos, o que não deve ser interpretado de forma restrita "porque" diz respeito ao direito de os indivíduos serem livres de atos e omissões pretendidos ou esperados que causem sua falta de vida ou morte prematura, bem como para desfrutar uma vida com dignidade".

"Embora os Estados Partes possam adotar medidas destinadas a regular as cessações da gravidez, tais medidas não devem resultar em violação do direito à vida de uma mulher grávida, o que significa que ela tem direito a um aborto "seguro", diz o documento.

Isso não vai suficientemente longe para a Dinamarca porque "ao usar o termo" mulher grávida, o Comitê pode, inadvertidamente, restringir a aplicação deste parágrafo para excluir pessoas transgêneros que tenham dado à luz".

n/d

("Curvai-vos, curvai-vos, gente sem pudor, antes que nasça a sentença e o dia passe como a palha; antes que caia sobre vós o ardor da ira do Senhor; antes que caia sobre vós o dia da indignação do Senhor!" Sofonias 2, 1-2)

Negar a humanidade de um humano no útero está negando a biologia. Reivindicar que os homens podem dar à luz é negar a biologia. Parece que a Dinamarca se recusa a aceitar verdades básicas da natureza - que somos humanos desde o momento em que começamos a existir, e que apenas metade da população está equipada com os órgãos reprodutores para criar um bebê por nove meses.

Vuvemos num mundo de cabeça para baixo, quando o "direito à vida" significa o direito de matar outro ser humano, e os homens também podem estar "grávidos".Fonte: www.lifesitenews.com

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Lembrando que o bem-aventurado beato Francisco Palau, escrevia o jornal El Ermitaño com o objetivo de lutar contra as hostes de Satanás e tudo o que implica a Revolução e a impiedade que se unem para empreender uma ofensiva contra DEUS. A Revolução, ou o “Antro tenebroso”, como ele a denomina significa “todos os poderes da terra coligados com os do inferno em guerra contra DEUS". Esta atividade implica a romper a ordem e atacar os princípios da verdadeira legislação dada por DEUS. (El Ermitaño, 29 de Julho de 1869 p.2)

"Quebraste desde o princípio o meu jugo, rompeste os meus laços, e disseste: não servirei" (Jeremias 2, 20).

Diz ainda na Sagrada Escritura:

"Como se não bastasse terem errado acerca do conhecimento de Deus, embora passando a vida numa longa luta de ignorância, eles dão o nome de paz a um estado tão infeliz. Com efeito, sacrificando seus filhos, celebrando mistérios ocultos, ou entregando-se a orgias desenfreadas de religiões exóticas, eles já não guardam a honestidade nem na vida nem no casamento, mas um faz desaparecer o outro pelo ardil, ou o ultraja pelo adultério. Tudo está numa confusão completa - sangue, homicídio, furto, fraude, corrupção, deslealdade, revolta, perjúrio, perseguição dos bons, esquecimento dos benefícios, contaminação das almas, perversão dos sexos, instabilidade das uniões, adultérios e impudicícias" (Sabedoria 14, 22-26).

"Ouvi, céus, e tu, ó terra, escuta, é o Senhor que fala: Eu criei filhos e os eduquei, eles, porém, se revoltaram contra mim. Ai da nação pecadora, do povo carregado de crimes, da raça de malfeitores, dos filhos desnaturados! Abandonaram o Senhor, desprezaram o Santo de Israel, e lhe voltaram as costas. Ouvi a palavra do Senhor, príncipes de Sodoma; escuta a lição de nosso Deus, povo de Gomorra: Os rebeldes e os pecadores serão destruídos juntamente, e aqueles que abandonam o Senhor perecerão. O homem forte será a estopa. e sua obra, a faísca; eles arderão sem que ninguém possa extinguir" (Isaias 1).

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne