Cardeais do Fim dos Tempos: Cardeal (americano) Tobin permite "Missas do Orgulho Gay" em sua Diocese


06.08.2018 -

Dissemos e repetimos: a homossexualização do clero está na raiz dos escândalos, pelo menos os bispos e cardeais, que promovem movimentos LGBT (gay), como no caso do cardeal Cardeal Joseph Tobin.

n/d

"De alguma forma, nossa teologia precisa ser atualizada para onde o mundo". Está é a frase, parte da homilia pronunciada pelo Padre Alexander Santora, pároco de Nossa Senhora da Graça, em Hoboken, na Arquidiocese de Newark (EUA), durante a sua "primeira missa do Orgulho gay", resume uma tendência teológica inteira que cresce cada dia mais forte .

A idéia seria que, como o cardeal Carlo Maria Martini costumava lembrar, a Igreja está séculos atrás do mundo (definida, é claro, como as idéias das elites ocidentais), e precisa recuperar o atraso; essa foi - de acordo com essa linha de argumentação - o cerne da mensagem do Concílio Vaticano II, que teria experimentado uma certa ruptura nos pontificados de João Paulo II e Bento XVI, mas agora acelerada com Francisco.

n/d

Francisco, de fato, lhes deu uma nova fonte de esperança, mudando, por sua conta e risco, o ponto do Catecismo que se refere à legalidade (hoje, ilegalidade) da pena de morte. Porque, como apontamos, essa "atualização da doutrina para o mundo" não importa o mesmo em todos os pontos, mas hoje tem um objetivo claro: a consideração das relações homossexuais.

Vimos na inclusão no texto preparatório do Sínodo dos Jovens LGBT, embora nunca tenha sido citado em discusões do (consultor do Vaticano) padre jesuíta James Martin, aprovando a 'mudança de atitude' da Igreja para com os gays, como orador principal no iminente Encontro Mundial das Famílias em Dublin.

Padre Martin, em particular, na ocasião expressou a esperança de que a elaboração do ponto Catecismo refere à homossexualidade fosse alterado, e onde diz: "intrinsecamente desordenados", ele ordenou de forma diferente.

A desvantagem é que o tsunami de escândalos de abuso por parte de clérigo,s que entrou em erupção neste verão nos Estados Unidos, Chile e Honduras, torna mais claro do que nunca, que o cerne do problema é a infiltração dos escalões superiores do clero por uma "máfia rosa (gay)". O ex-cardeal McCarrick poderia ser condenado por abuso de um menor, mas a esmagadora maioria dos abusos foram cometidos regularmente em adultos jovens, isto é, a questão era abuso de poder e homossexualidade, não pedofilia.

E é precisamente nas dioceses desses bispos que a proliferação da homossexualidade nas paróquias se prolifera.

Como no caso do Padre Santora, descrito pelo ex-ator pornô gay Joseph Sciambra, que extrai partes de sua homilia.

"Agora temos um papa cujas cinco palavras indicaram que temos que ver como saudamos nossos irmãos gays e nossas irmãs lésbicas. "Quem sou eu para julgar?", Ele disse. E somos abençoados com o cardeal Tobin, nosso arcebispo, que há pouco mais de um ano, graças aos esforços de David Harvie [um ex-padre agora 'casado' com seu amante homossexual], que está conosco hoje, damos as boas-vindas aos nossos irmãos e irmãs gays, lésbicas e transgêneros à Catedral para celebrar, pela primeira vez, uma missa de peregrinação ... Esses são momentos históricos importantes para nós. "

"Mas acho que o que o Papa Francisco nos convida a fazer é olhar para o espaço que se abre entre o que é como uma Igreja e como o povo de Deus quer que avancemos. Agora, hoje, muitos de vocês vão marchar no desfile gay. E esse desfile é significativo ... E ao longo dessas décadas entendemos como Deus sempre nos chama a perceber que todos somos parte da família de Deus ... "

"Papa Francisco vai para a Irlanda em poucas semanas ... e, pela primeira vez, um dos documentos publicados pelo Vaticano usa as iniciais LBTQ. Alguns de nós poderiam dizer, bem, o que isso significa? Porque na sociedade nós avançamos muito. Mas eu acho que a Igreja está progredindo pouco a pouco nessa direção, e temos que celebrar cada passo que inclui as pessoas, em vez de excluí-las”.

Por Carlos Esteban

Visto em: www.infovaticana.com  via  www.rainhamaria.com.br

=============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

Só me resta repetir o seguinte:

A nova "misericórdia", que estes "lobos em pele de cordeiro" criaram,  declara apenas que Deus os ama, não importa que caminho sigam, não importa que continuem pecando e permaneçam em seus pecados, pois, todos se salvam. Deus é Amor, esqueçam o Deus Justiça, Justo Juiz. Não havendo um Deus que condena, não existe mais condenação ou castigo, logo, não existe mais inferno, é uma anti-igreja pregando um anti-Evangelho.

"Não digas: A misericórdia do Senhor é grande, ele terá piedade da multidão dos meus pecados, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa aos pecadores". (Eclesiástico 5, 6-7)

"Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos". (I Coríntios 6, 9)

Na imagem abaixo, o Cardeal Bagnasco, posa para foto...

Depois de ter dado a Eucaristia para os homossexuais presentes na Missa.

n/d

Diz na Sagrada Escritura: (ou será que Padres, Bispos e Cardeais, já não consideram mais as Palavras contidas neste Livro Sagrado?) "Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher (ou mulher com mulher): isso é uma abominação". (Levítico, 18, 22)

n/d

Disse São João Crisóstomo: “Nunca Deus é tão ofendido como e quando os que O ultrajam estão revestidos da dignidade sacerdotal".

Disse o zeloso Arcebispo francês Marcel Lefebvre: "Ora, eu acredito sinceramente que estamos tratando com uma falsificação da Igreja, e não com a Igreja católica. Por quê? Porque eles não ensinam mais a fé católica. Não defendem mais a fé católica. Eles arrastam a Igreja para algo diferente da Igreja Católica. Como poderíamos nós, por obediência servil e cega, fazer o jogo desses cismáticos que nos pedem colaboração para seus empreendimentos de destruição da Igreja?"

Diz na Sagrada Escritura:

"Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação".(Levítico, 18, 22) e vice-versa.

"Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos". (I Coríntios 6, 9)

"Por minha vida - oráculo do Senhor Javé, não me comprazo com a morte do pecador, mas antes com a sua conversão, de modo que tenha a vida. Convertei-vos! Afastai-vos do mau caminho que seguis; por que haveis de perecer, ó casa de Israel". (Ezequiel 33, 11)

"Não digas: A misericórdia do Senhor é grande, ele terá piedade da multidão dos meus pecados, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa aos pecadores". (Eclesiástico 5, 6-7)

"Mas os homens perversos e impostores irão de mal a pior, sedutores e seduzidos. Tu, porém, permanece firme naquilo que aprendeste e creste. Sabes de quem aprendeste. E desde a infância conheces as Sagradas Escrituras e sabes que elas têm o condão de te proporcionar a sabedoria que conduz à salvação, pela fé em Jesus Cristo. Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra". ( II Timóteo, 3, 13-17)

 

Veja também...

Padre Dariusz Oko: "Há uma máfia gay dentro da Igreja. Definitivamente, há um problema com Bispos homossexuais na Igreja"

Seminários do Fim dos Tempos: Seminaristas hondurenhos alegam má conduta homossexual generalizada

Lobos em pele de cordeiro: Diocese americana liderada por bispo pró-gay diz que cabe a cada paróquia promover a homossexualidade (Como é que é!?)

A Fumaça de Satanás na Igreja: Consultor do Vaticano, padre James Martin, exalta livreto de sua própria paróquia, que busca normalizar ainda mais a atividade sexual entre gays dentro da Igreja

O Bispado espanhol se cala sobre o uso de uma Igreja como camarim para evento (gay) Drag Queens

Sinal dos Tempos: Casais homossexuais são bem-vindos ao Encontro (católico??) Mundial das Famílias na Irlanda, declarou o Arcebispo de Dublin

A resposta totalmente católica do Santo Papa João Paulo II, quando a parada do orgulho gay chegou a Roma há 18 anos

O Catecismo pode ser mudado: O lobby LGBT (gay) confia em ser a próxima mudança na Doutrina da Igreja

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne