Nossa Senhora de La Salette: Que os dirigentes das comunidades religiosas estejam atentos em relação às pessoas que devem receber, porque o demônio usará toda sua malícia para introduzir nas ordens religiosas pessoas entregues ao pecado


01.09.2018 - Nota de www.rainhamaria.com.br

Artigo publicado no site em 18.09.2016

Por Padre Peter Carota – Traditional Catholic Priest - Tradução Sensus Fidei.

Eu acredito que estamos no tempo de preparação para o governo do Anticristo. E isso é uma boa notícia. Por quê? Porque depois do governo do Anticristo, Nosso Rei Jesus Cristo retornará para governar para todo o sempre. Todo o mal acabará. Não haverá mais falsa religião, não haverá mais crime, divisão, drogas, engano, divórcio, violência, roubo, ódio, desvio sexual, pornografia, ateísmo, comunismo, illuminati, maçom, pobreza, abuso e rebelião sexual nem atos sacrílegos contra Deus. Tudo terá terminado, para sempre.

Em 19 de setembro de 1846 a Virgem Maria apareceu em La Salette, França, para Maximino Giraud (11 anos) e Melanie Mathieu (15 anos). Maria especialmente veio advertir a humanidade por; 1) abuso do Santo Nome de Jesus e outras blasfêmias e por trabalhar no domingo. Mas ela também descreveu claramente o fim dos tempos, como está escrito no Livro do Apocalipse. E Maria fala sobre a corrupção da Igreja também.

n/d

Maria apareceu revestida com uma luz brilhante, um xale de rosas multicoloridas e um grande crucifixo no peito. Ela derramava muitas lágrimas.

Aqui está parte de sua mensagem:

“Ao primeiro golpe de sua espada fulgurante [refere-se a Deus], as montanhas e a natureza inteira tremerão de espanto, porque as desordens e os crimes dos homens transpassarão a abóbada celeste. Paris será queimada, e Marselha engolida [pelas águas]. Várias grandes cidades serão abaladas e tragadas por tremores de terra. Crer-se-á que tudo está perdido. Só se verão homicídios, e se ouvirão apenas ruídos de armas e blasfêmias. “Os justos sofrerão muito. Suas orações, sua penitência e suas lágrimas subirão até o céu e todo o povo de Deus pedirá perdão e misericórdia. E pedirá minha ajuda e intercessão. Jesus Cristo, por um ato de sua justiça e de sua grande misericórdia em relação aos justos, ordenará a seus anjos que deem morte a todos os seus inimigos. De repente os perseguidores da Igreja de Jesus Cristo e todos os homens entregues ao pecado perecerão, e a Terra tornar-se-á como um deserto.

Então será feita a paz, a reconciliação de Deus com os homens. Jesus Cristo será servido, adorado e glorificado. A caridade florescerá por toda parte. Os novos reis serão o braço direito da Santa Igreja, a qual será forte, humilde, piedosa, pobre, zelosa e imitadora das virtudes de Jesus Cristo. O Evangelho será pregado por toda parte e os homens farão grandes progressos na fé, porque haverá unidade entre os operários de Jesus Cristo e os homens viverão no temor de Deus.

“Esta paz entre os homens não será longa. Vinte e cinco anos de safras abundantes lhes farão esquecer que os pecados dos homens são a causa de todas as desgraças que sucedem na terra.

“Um precursor do Anticristo, com tropas de várias nações, guerreará contra o verdadeiro Cristo, único Salvador do mundo, derramará muito sangue e tentará aniquilar o culto de Deus, para se fazer cultuar como um deus.

“A Terra será atingida por toda espécie de flagelos (além da peste e da fome, que serão gerais). Haverá guerras até a última guerra, que será movida pelos dez reis do Anticristo, cujo objetivo será o mesmo e serão os únicos a governarem o mundo. Antes que isto aconteça, haverá uma espécie de falsa paz no mundo. Não se pensará em outra coisa, senão em se divertir. Os maus se entregarão a toda sorte de pecados. 

n/d

Mas os filhos da Santa Igreja, os filhos da fé, meus verdadeiros imitadores, acreditarão no amor de Deus e nas virtudes que me são mais caras. Felizes essas almas humildes conduzidas pelo Espírito Santo! Eu combaterei junto a elas até que atinjam a plenitude da idade”.

n/d

“A natureza exige vingança por causa dos homens e estremece de pavor, na espera do que deve acontecer à Terra emporcalhada de crimes.

“Tremei, ó Terra, vós que fizestes profissão de servir a Jesus Cristo, mas que no vosso íntimo adorais a vós próprios. Tremei, pois Deus vos entregará a seu inimigo, porque os lugares santos estão imersos na corrupção. Muitos conventos não são mais casas de Deus, mas pastagens de Asmodeu e os seus [demônios].

“Durante esse tempo nascerá o Anticristo de uma religiosa hebraica, uma falsa virgem que terá comunicação com a velha serpente. E o mestre da impureza, seu pai, será bispo”.

“Ao nascer, vomitará blasfêmias e terá dentes. Numa palavra, será o diabo encarnado. Dará gritos aterrorizadores, fará prodígios,alimentar-se-á só de impurezas. Terá irmãos que, embora não sejam como ele outros demônios encarnados, serão filhos do mal. Aos doze anos eles se farão notar pelas valorosas vitórias que obterão. Logo estará cada um à testa de exércitos, assistidos por legiões do inferno.

“As estações mudarão, a terra só dará maus frutos, os astros perderão seus movimentos regulares, a Lua não projetará senão uma débil luz avermelhada. A água e o fogo darão ao globo terrestre movimentos convulsivos e horríveis tremores de terra, que engolirão montanhas, cidades...

n/d

“Roma perderá a fé e se tornará sede do Anticristo. Os demônios do ar, junto com o Anticristo, farão grandes prodígios na terra e nos ares. E os homens se perverterão cada vez mais. Deus tomará sob seus cuidados os fiéis servidores e os homens de boa vontade, o Evangelho será pregado por toda parte, todos os povos e todas as nações terão conhecimento da verdade.

“Eu dirijo um premente apelo à Terra. Apelo aos verdadeiros discípulos do Deus vivo que reina nos Céus. Apelo aos verdadeiros imitadores de Jesus Cristo feito homem, o único e verdadeiro Salvador dos homens. Apelo aos meus filhos, meus verdadeiros devotos, aqueles que se deram a mim para que eu os conduza a meu divino Filho, aqueles que levo por assim dizer nos meus braços, que vivem de meu espírito.

n/d

Enfim, apelo aos Apóstolos dos Últimos Tempos, aos fiéis discípulos de Jesus Cristo que viveram no desprezo do mundo e de si próprios, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus, no sofrimento e desconhecidos do mundo. É chegado o tempo para que eles saiam e venham iluminar a Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos amados. Estou convosco e em vós, contanto que vossa fé seja a luz que vos ilumina nestes dias de desgraças. Que vosso zelo vos faça como que famintos da glória e honra de Jesus Cristo. Combatei, filhos da luz, pequeno número que isto vedes, pois aí está o tempo dos tempos, o fim dos fins.

“A Igreja será eclipsada, o mundo estará na consternação. Mas eis Enoc e Elias cheios do Espírito de Deus. Eles pregarão com a força de Deus, os homens de boa vontade acreditarão em Deus e muitas almas serão consoladas. Eles farão grandes progressos, pela virtude do Espírito Santo, e condenarão os erros diabólicos do Anticristo.

Ai dos habitantes da Terra! Haverá guerras sangrentas e fome, peste e doenças contagiosas, trovoadas que abalarão as cidades, terremotos que engolirão países. Ouvir-se-ão vozes pelos ares. Os homens baterão as cabeças contra as paredes. Pedirão a morte, e por outro lado a morte será seu suplício. O sangue correrá de todo lado. Quem poderá resistir, se Deus não diminuir o tempo da prova? Deus se deixará dobrar pelo sangue, lágrimas e orações dos justos. Enoc e Elias serão mortos. Roma pagã desaparecerá. O fogo do céu cairá e consumirá três cidades.

n/d

Todo o universo será tomado de terror, e muitos se deixarão seduzir, porque não adoraram o verdadeiro Cristo vivo entre eles. Chegou a hora, o sol se obscurece, só a fé viverá.

“Chegou o tempo, o abismo se abre. Eis o rei dos reis das trevas, eis a Besta com seus súditos, dizendo ser o salvador do mundo. Ele se elevará orgulhosamente nos ares para ir até o céu. Será asfixiado pelo sopro de São Miguel Arcanjo. Cairá. E a Terra, que durante três dias terá estado em contínuas evoluções, abrirá seu seio cheio de fogo. Ele será submerso para sempre, com todos os seus, nos despenhadeiros eternos do inferno. Então a água e o fogo purificarão a Terra e consumirão todas as obras do orgulho dos homens, e tudo será renovado. Deus será servido e glorificado”.

Missa em Latim, Apocalipse e Nossa Senhora de La Salette

n/d

Quero continuar um pouco mais sobre a aparição de Maria em La Salette, França, para Mélanie Calvat e Maximin Giraud, em 19 de setembro de 1846. Maria apareceu chorando, refulgindo grande luz e com um grande crucifixo no peito, (que emitia luz também).

Depois da aparição, uma fonte de água surgiu próxima ao local onde Maria aparecera. Muitos milagres começaram a acontecer quando as pessoas bebiam daquela água ou colocavam-na sobre os enfermos. Muitos milagres também começaram a ocorrer quando as pessoas rezavam suplicando a intercessão de Maria. Em razão de todos esses milagres, o Papa Pio IX aprovou a devoção a Nossa Senhora de La Salette.

Um seminarista francês, M. Martin não conseguia se inclinar sobre a perna esquerda sem ser acometido por dor excruciante. Isso tornava-lhe difícil conseguir o que se esperava dele e, por esta razão, o bispo não iria lhe conferir ordens menores até que estivesse completamente curado. Ele começou uma Novena a Nossa Senhora de La Salette. Em seguida, seu diretor espiritual lhe deu um copo de água proveniente da fonte milagrosa às 6 da tarde. Por volta de 19:00, ele estava completamente curado, andando, subindo e descendo escadas e correndo por toda parte. Este milagre causou uma enorme impressão em todo o seminário.

Em seguida, as calamidades que Maria havia predito em La Salette começaram a acontecer. Em 1846, sobreveio a fome da batata. 1.000.000 de pessoas morreram de fome na Europa a partir da escassez de trigo e milho. Uvas francesas foram afetadas por uma doença.

Quando todas essas coisas começaram a acontecer, as pessoas começaram a retornar à Santa Missa e a fechar os seus negócios no Dia do Senhor. Até certo ponto, também as blasfêmias começaram a diminuir.

Maria perguntou às crianças se faziam bem as suas orações e elas responderam: “Não muito bem, Minha Senhora.” Esta pergunta deve ser feita a cada um de nós. É difícil rezar e, ainda mais difícil, rezar bem. Nossa Senhora quer que façamos nossas orações com o coração, fé e lentamente.

Nossa Senhora disse a Melanie:

n/d

“O que vou dizer-vos agora não ficará sempre segredo, podereis publicá-lo em 1858. Os sacerdotes, ministros de meu Filho, pela sua má vida, sua irreverência e impiedade na celebração dos santos mistérios, pelo amor do dinheiro, das honrarias e dos prazeres, tornaram-se cloacas de impureza. Sim, os sacerdotes atraem a vingança e a vingança paira sobre suas cabeças. Ai dos sacerdotes e das pessoas consagradas a Deus, que pela sua infidelidade e má vida crucificam de novo meu Filho!

Os pecados das pessoas consagradas a Deus bradam ao Céu e clamam por vingança. E eis que a vingança está às suas portas, pois não se encontra mais uma pessoa a implorar misericórdia e perdão para o povo. Não há mais almas generosas, não há mais ninguém digno de oferecer a vítima imaculada ao [Pai] Eterno em favor do mundo”.

Neste sentido, podemos ver a importância do foco da Missa em Latim, na reverência quando oferecemos os Sagrados Mistérios. A Missa em Latim também enfatiza o oferecimento de Jesus ao Pai para a salvação das almas e do mundo.

“Deus vai golpear de modo inaudito. Ai dos habitantes da Terra. Deus vai esgotar sua cólera, e ninguém poderá fugir a tantos males acumulados. Os chefes, os condutores do povo de Deus negligenciaram a oração e a penitência. E o demônio obscureceu suas inteligências. Transformaram-se nessas estrelas errantes, que o velho diabo arrastará com sua cauda para fazê-las perecer. Deus permitirá à velha serpente introduzir divisões entre os que reinam, em todas as sociedades e em todas as famílias. Sofrer-se-ão tormentos físicos e morais. Deus abandonará os homens a si mesmos e enviará castigos que se sucederão durante mais de trinta e cinco anos.

“A sociedade está na iminência dos flagelos mais terríveis e dos maiores acontecimentos. Deve-se esperar ser governado por uma chibata de ferro e beber o cálice da cólera de Deus”.

“No ano de 1864, Lúcifer e um grande número de demônios serão soltos do inferno. Eles abolirão a fé pouco a pouco, até nas pessoas consagradas a Deus. Eles as cegarão de tal maneira que, salvo uma graça particular, adquirirão o espírito desses maus anjos. Várias casas religiosas perderão inteiramente a fé e perderão muitas almas.

“Os maus livros abundarão sobre a Terra, e os espíritos das trevas espalharão por toda parte um relaxamento universal em tudo o que se refere ao serviço de Deus. Eles terão grandíssimo poder sobre a natureza. Existirão igrejas para cultuar esses espíritos. Pessoas serão transportadas de um lugar a outro por esses espíritos maus, até sacerdotes, porque não se terão conduzido pelo bom espírito do Evangelho, que é um espírito de humildade, caridade e zelo pela glória de Deus.

“Os governantes civis terão todos um mesmo objetivo, que consistirá em abolir e fazer desaparecer todo princípio religioso para dar lugar ao materialismo, ao ateísmo, ao espiritismo e a toda espécie de vícios.

“Nos conventos as flores da Igreja serão apodrecidas, e o demônio tornar-se-á como que o rei dos corações. Que os dirigentes das comunidades religiosas estejam atentos em relação às pessoas que devem receber, porque o demônio usará toda sua malícia para introduzir nas ordens religiosas pessoas entregues ao pecado, pois as desordens e o amor aos prazeres carnais estarão espalhados por toda a Terra.

“Os justos sofrerão muito. Suas orações, sua penitência e suas lágrimas subirão até o céu e todo o povo de Deus pedirá perdão e misericórdia. E pedirá minha ajuda e intercessão. Jesus Cristo, por um ato de sua justiça e de sua grande misericórdia em relação aos justos, ordenará a seus anjos que deem morte a todos os seus inimigos.

“De repente os perseguidores da Igreja de Jesus Cristo e todos os homens entregues ao pecado perecerão, e a Terra tornar-se-á como um deserto. Então será feita a paz, a reconciliação de Deus com os homens. Jesus Cristo será servido, adorado e glorificado. A caridade florescerá por toda parte. Os novos reis serão o braço direito da Santa Igreja, a qual será forte, humilde, piedosa, pobre, zelosa e imitadora das virtudes de Jesus Cristo. O Evangelho será pregado por toda parte e os homens farão grandes progressos na fé, porque haverá unidade entre os operários de Jesus Cristo e os homens viverão no temor de Deus.

“Esta paz entre os homens não será longa. Vinte e cinco anos de safras abundantes lhes farão esquecer que os pecados dos homens são a causa de todas as desgraças que sucedem na terra.

Eu dirijo um premente apelo à Terra. Apelo aos verdadeiros discípulos do Deus vivo que reina nos Céus. Apelo aos verdadeiros imitadores de Jesus Cristo feito homem, o único e verdadeiro Salvador dos homens. Apelo aos meus filhos, meus verdadeiros devotos, aqueles que se deram a mim para que eu os conduza a meu divino Filho, aqueles que levo por assim dizer nos meus braços, que vivem de meu espírito. Enfim, apelo aos Apóstolos dos Últimos Tempos, aos fiéis discípulos de Jesus Cristo que viveram no desprezo do mundo e de si próprios, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus, no sofrimento e desconhecidos do mundo. É chegado o tempo para que eles saiam e venham iluminar a Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos amados. Estou convosco e em vós, contanto que vossa fé seja a luz que vos ilumina nestes dias de desgraças. Que vosso zelo vos faça como que famintos da glória e honra de Jesus Cristo. Combatei, filhos da luz, pequeno número que isto vedes, pois aí está o tempo dos tempos, o fim dos fins.

Sentimo-nos felizes por Deus permitir que Nossa Mãe Maria venha nos encorajar para estes últimos tempos. Mas cada um de nós precisa se ocupar em cooperar com Deus e Maria na salvação das ALMAS. Somos tão abençoados por sermos católicos tradicionais. Amamos tanto a Deus e Maria e por isso nos esforçamos ao máximo em obedecê-los.

Publicado originalmente: Traditional Catholic Priest – Antichrist As Foretold By The Virgin Mary At La Salette France ; Latin Mass, Apocalypse And Our Lady Of La Salette

Tradução das citações da Mensagem no presente artigo tomadas de “La Salette do livro La Salette e suas Profecias”, Luis Dufaur, traduzidas do livro de Michel Corteville – René Laurentin, “Découverte du Secret de La Salette — Au-delà des polémiques, la vérité sur l’apparition et ses voyants”, Fayard, Paris, 2002.

Via -  www.rainhamaria.com.br

 

Veja também...

Profecia de Nossa Senhora em La Salette: A decadência e a indiferença do clero atrairá a Vingança Divina (a Ira de Deus)

Lembrando Irmã Lúcia e Padre Agustin Fuentes: Padre, o demônio está operando a batalha decisiva contra a Virgem Maria, e o que mais aflige o Coração Imaculado de Maria e de Jesus é a queda das almas religiosas e sacerdotais

Revelações da Beata Elena Aiello: Os homens ofendem demasiado a Deus. Há confusão e o deslize entre o próprio Clero da Igreja. O pecado da impureza, convertido em arte sedutora e diabólica, atingiu o cume; a maioria dos homens vive na lama

Fala a Irmã Agnes Sasagawa sobre a Mensagem da Virgem Maria em Akita, no Japão: Deus punirá o mundo, um fogo cairá do Céu, grande parte da humanidade será destruida, os sobreviventes estarão tão desolados que invejarão os mortos

Lembrando que o cenário mundial perfeito para o aparecimento do anticristo está quase pronto. Homens inspirados pelo demônio, usam da palavra misericórdia para tornar o pecado, uma coisa comum e aceitável, até mesmo dentro da Igreja

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne