No Catecismo, o Santo Papa João Paulo II nos adverte sobre o falso papa Francisco e a chegada do Anticristo


16.06.2016 - Hora desta Atualização - 08h52

n/d

Eis a íntegra do parágrafo 675 do Catecismo da igreja católica:

675. "Antes da vinda de Cristo, a Igreja deverá passar por uma prova final, que abalará a fé de numerosos crentes. A perseguição, que acompanha a sua peregrinação na Terra, porá a descoberto o «mistério da iniquidade», sob a forma duma impostura religiosa, que trará aos homens uma solução aparente para os seus problemas, à custa da apostasia da verdade. A suprema impostura religiosa é a do Anticristo, isto é, dum pseudo-messianismo em que o homem se glorifica a si mesmo, substituindo-se a Deus e ao Messias Encarnado”.

Comentário:

O falso papa Francisco, está tentando unir as religiões, sob a alegação de que assim teremos a paz.

n/d

Esta é a impostura religiosa de que fala João Paulo II no catecismo. Todos sabemos que, o único que pode nos trazer a paz, é Jesus Cristo, e não a união das religiões, por isso a catecismo alerta que esta será uma solução aparente para o problema, às custas da apostasia da verdade, ou seja, do abandono da verdade, que é Cristo.

n/d

Quando esta impostura religiosa estiver concretizada, o anticristo dirá que é o messias desta nova religião, glorificando-se a si mesmo, no lugar de Deus, e de Jesus, o verdadeiro Messias Encarnado.

Infelizmente, esta situação vai abalar a fé dos crentes, pois muitos seguirão a falso messias. Ele se auto proclamará o Cristo dos Cristãos, o messias dos judeus, o Madi dos mulçumanos, o Buda dos budistas, e assim por diante.

(Francisco prestando homenagens a "deuses estranhos". Buda)

n/d

(Homenagens a mais "deuses estranhos". Hindu)

n/d

Paulo nos adverte sobre esta situação em II Tessalonicenses 2,1-4: “No que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e nossa reunião com ele, rogamo-vos, irmãos, não vos deixeis facilmente perturbar o espírito e alarmar-vos, nem por alguma pretensa revelação nem por palavra ou carta tidas como procedentes de nós e que vos afirmassem estar iminente o dia do Senhor. Ninguém de modo algum vos engane. Porque primeiro deve vir a apostasia, e deve manifestar-se o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e apresentar-se como se fosse Deus”.

Aqui Paulo nos faz uma revelação muito importante: é preciso que primeiro se manifeste o anticristo, para que Jesus concretize a sua segunda vinda, ou seja, para que Jesus volte para julgar os vivos e os mortos e para implantar, aqui nesta terra o seu definitivo reino de amor (Isaias 65, 13-25 , Apocalipse 21, 1-4).

Como o falso papa Francisco já está em adiantadas tratativas para unir as religiões, deduz-se que não está longe o surgimento do anticristo, apresentando-se como o falso messias de todas as religiões, logo, não está longe também o retorno de Cristo, que como vimos nas escrituras acima, acontecerá após a manifestação do enganador.

(Francisco orando para Alá, em Mesquita junto aos muçulmanos)

n/d

Então, prepare-se. Não se deixe enganar pela lábia e carisma do falso papa e do próprio anticristo que virá em seguida. Esteja preparado para sofrer, ou até morrer para salvar sua alma.

Escrito pelo amigo Haroldo Burle                
haroldoburle@hotmail.com

===========================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

Disse o Padre Emanuel, ainda no século XIX:

“Estas são as marcas da vinda do Anticristo:

Quando os velhos não tiverem nem bom senso nem prudência,
Quando os cristãos estiverem sem fé,
Quando os cristãos estiverem sem amor, eles falarão de amor, mas não terão amor pelo próximo,
Quando os ricos forem sem misericórdia.
Quando os jovens não tiverem respeito,
Quando as mulheres tiverem perdido o pudor,
Quando, no casamento, não houver mais continência,
Quando os clérigos forem sem honra e sem santidade,
Quando os religiosos não tiverem verdade nem austeridade, sacerdotes bispos e padres, serão homens frívolos, completamente incapazes de distinguir entre o caminho da direita e o da esquerda,
Quando os bispos não tiverem piedade. As igrejas serão privadas de pastores piedosos e tementes a Deus, e infelizes dos cristãos que estiverem na terra nesses momentos! Perderão a fé, porque não haverá mais quem lhes mostre a luz da verdade,
Quando os governantes da terra não tiverem misericórdia”.

Sobre o aparecimento do Anticristo...

Disse ainda o Padre Emanuel, ainda no século XIX:

“Apresentar-se-á como cheio de respeito pela liberdade das religiões, uma das máximas e uma das mentiras da besta revolucionária.

n/d

Dirá aos budistas que é um Buda; aos muçulmanos, que Maomé é um grande profeta... Talvez até irá dizer, em sua hipocrisia, como Herodes seu precursor, que quer adorar Jesus Cristo. Mas isso não passará de uma zombaria amarga. Malditos os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável Salvador seja posto lado a lado com outras seitas e mestres. E Deus, infinitamente bom, vendo a decadência da raça humana, abreviará os dias, por amor ao pequeno número dos que deverão ser salvos, porque o inimigo desejaria arrastar até mesmo os eleitos a tentação, se tal fosse possível. Então a espada do castigo virá de repente e derrubará o Corruptor e seus servidores".

Conforme o que já disse algumas vezes...

Os comparsas do Anticristo teriam a obrigação satânica de colocar o "homem maligno" certo no Vaticano, o "falso profeta", anunciado no Apocalipse para o cumprimento do Fim dos Tempos. O falso profeta tem a missão de convencer e unir a todos numa única religião universal, somente assim o poder mundano do Anticristo terá grande influência nos que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal. (II Tessalonicenses, 2, 9)

E, mesmo diante de inúmeros fatos e declarações, provando que Francisco é infelizmente um "antipapa", a serviço da Nova Ordem Mundial e de seu "anticristo", a maioria dos católicos acha uma maravilha, que Francisco esteja unindo todas as "religiões", em prol da paz e do amor.

Mas, cultivam a paz e o amor do "mundo", esquecendo do Amor a Verdade de Cristo, então...

"Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não terem cultivado o amor à verdade que os teria podido salvar". (II Tessalonicenses, 2, 10)

"Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal". (II Tessalonicenses, 2, 12)

O "preço" de cultivar essa paz e amor mundano, que agrada aos homens e não a DEUS, será cair na "armadilha" que Satanás preparou para o Fim dos Tempos, fazendo que a maioria dos católicos, caia na apostasia e no erro, de aceitar que "todos" os caminhos levem a "salvação" e a Deus.

n/d

Onde todas as religiões e seitas levam a DEUS e ninguém necessita mais se converter a...

...a Única e Verdadeira Igreja, todos se salvam, e todos os caminhos levam a Deus, dizem os ecumenistas, já a serviço do anticristo, oculto nas sombras do mundo.

Mas, o Rei Jesus responde a Francisco, seus eclesiásticos, 'lobos em pele de cordeiro", e aos "católicos" que proclamam seguir a Cristo, o seguinte...

"Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, pois o tendes visto". (São João, 14, 5-7)

Porque...

"Todo aquele que caminha sem rumo e não permanece na doutrina de Cristo, não tem Deus. Quem permanece na doutrina, este possui o Pai e o Filho. Se alguém vier a vós sem trazer esta doutrina, não o recebais em vossa casa, nem o saudeis. Porque quem o saúda toma parte em suas obras más." (2 João 9-11)

Sempre lembrando...

“Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo”, são as palavras que Nossa Senhora profetizou em La Salette, na França, em 1846, uma aparição reconhecida pela Igreja.

Disse Nossa Senhora Bom Sucesso, em 1594: “Tempos funestos sobrevirão, nos quais….aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem” (II, 98).

Diise São Gregório Magno: “A Igreja, nos últimos tempos, será espoliada da sua virtude. O espírito profético esconder-se-á, não mais terá a graça de curar, terá diminuta a graça da abstinência, o ensino esvair-se-á, reduzir-se-á, senão desaparecerá de todo o poder dos prodígios e dos milagres. Para o anticristo está se preparando um exército de sacerdotes apóstatas".

Diz na Sagrada Escritura:

"A manifestação do ímpio será acompanhada, graças ao poder de Satanás, de toda a sorte de portentos, sinais e prodígios enganadores. Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não terem cultivado o amor à verdade que os teria podido salvar. Por isso, Deus lhes enviará um poder que os enganará e os induzirá a acreditar no erro. Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal". (II Tessalonicenses, 2, 9)

"Mas a Fera foi presa, e com ela o falso profeta, que realizara prodígios sob o seu controle, com os quais seduzira aqueles que tinham recebido o sinal da Fera e se tinham prostrado diante de sua imagem. Ambos foram lançados vivos no lago de fogo sulfuroso". (Apocalipse 19, 20)

 

Veja também...

Papa Francisco vai Celebrar a Reforma Protestante. Pode? Deveria? Quantos Santos, Doutores e Papas, condenaram a Reforma Protestante? Quantos Santos católicos morreram por causa dela?

Francisco na viagem a África: Entrou numa Mesquita, e virado para Meca, reverenciou a Maomé e de fato adorou a Alá. Você que se daclara católico aprova uma apostasia destas?

A Fumaça de Satanás na Igreja: Os Botões que encobriam o Lobo começam a desatar

Vaticano envia mensagem pelo aniversário do Vardhamana Mahavira, mestre do Jainismo indiano. Como é que é?

As Lágrimas de Jesus sobre a exortação Amoris Laetitia, do Papa Francisco

Artigo do Padre Celatus: Francisco fala e age mais como um vigário do anticristo, que como um sucessor de São Pedro

Francisco subverte o Magistério da Igreja, situando-se acima das Palavras de Cristo e dos Mandamentos de Deus?

Muitos dizem que Francisco é um papa sábio, mas como compreender que ele chame alguém que não acredita em Deus, de governante sábio. Ora, se um cego conduz a outro, tombarão ambos na mesma vala (Mt 15, 14)

Arcebispo Dom Marcel Lefebvre: Não há salvação por meio do Islão. Não há Igreja budista no Céu, nem Igreja protestante. São coisas que podem parecer duras de ouvir, mas esta é a verdade

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
https://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne