A nova Igreja ecumênica de Francisco: Pela primeira vez, uma celebração Anglicana, no Altar da Basílica de São Pedro no Vaticano. Ao qual chamam de momento ecumênico extraordinário


16.03.2017 -

n/d

A Basílica de São Pedro, no Vaticano, acolheu esta segunda-feira, pela primeira vez, a recitação as vésperas segundo o ‘Book of Common Prayer’ da Igreja da Inglaterra (Anglicana).

A celebração foi presidida pelo Arcebispo anglicano David Moxo, Diretor do Centro Anglicano de Roma.

O jornal do Vaticano, ‘L’Osservatore Romano’, refere hoje que este foi um “momento histórico”, citando o arcebispo Arthur Roche, secretário da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos (Santa Sé) e o arcebispo David Moxon, diretor do Centro anglicano de Roma.

“No altar da cátedra, onde São Gregório Magno foi consagrado bispo, realizou-se a oração vespertina presidida pelo arcebispo Moxon com o acompanhamento do coro do Merton College de Oxford”, assinala o periódico.

n/d

A data está ligada à antiga memória litúrgica de São Gregório (12 de março) e também ao 4.º aniversário da eleição do Papa Francisco.

n/d

“Sinal eloquente, o da oração comum, do caminho ecuménico que compromete católicos e anglicanos e que recentemente registou mais uma etapa histórica com a visita do pontífice à comunidade anglicana de Roma na igreja de All Saints”, refere o jornal, a respeito da celebração de vésperas.

Fonte: .Agencia Ecclesia  e Rádio Vaticano

===========================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

Infelizmente Francisco já se inclinou para receber a bênção do líder da Igreja Anglicana, o (falso) bispo anglicano, Justin Welby, arcebispo de Canterbury, na Inglaterra, que foi um executivo da indústria do petróleo por onze anos, que é casado e pai de cinco filhos.

Lembrando que este bispo anglicano, surpreendemente declarou: "Há momentos em que você pensa: Deus existe? Onde ele está?"

n/d

Lembrando: "Ora, é indiscutível: é o inferior que recebe a bênção do que é superior". (Hebreus 7, 7)

Verdadeiro Escândalo! Ao chão o sangue dos mártires, como São João Fischer e São Tomas Morus, que morreram por não se inclinarem diante da falsa Igreja Anglicana, por Amor e Fidelidade a Ùnica e Verdadeira Igreja.

Lembrando: Disse Francisco ao secretário-geral e embaixador da Aliança (protestantes) Evangélica Mundial: “Eu não estou interessado em converter os evangélicos/protestantes ao catolicismo. Em muitos pontos da doutrina não estamos de acordo. Porém basta mostrarmos o amor de Jesus”.

Diante deste "falso ecumenisno", que os lobos em pele de cordeiro proclamam dentro da CASA DE DEUS, apoiado e aplaudido pela maioria dos católicos, devemos lembrar dos mártires que deram a vida defendendo a verdadeira Santa Igreja e não concordando com o "ERRO". (com as heresias e com agradar aos homens, fazendo a vontade deles)

Em relação ao Ecumenismo, ou melhor dizendo, à Unidade Cristã, e ao legítimo diálogo religioso entre cristãos, é essa a caridade que todo católico deve objetivar: trazer à VERDADEIRA e ÚNICA Igreja aos cristãos para que tenham acesso aos Sacramentos e à Verdade.

O Ecumenismo não é a modificação da fé e doutrina católica. Não se trata de mudar o significado dos dogmas, de adaptar a verdade aos gostos de uma época!

O Papa São Pio X Em sua Carta Encíclica, Pascendi Dominici Gregis, de 8 de setembro de 1907, na qual ele condenou a heresia do modernismo, escreveu que os hereges “não estavam apenas dentre os inimigos declarados da Igreja; mas, o que é mais assustador e deplorável é que eles estavam em seu próprio seio.” Ele chama esses modernistas de “os mais perniciosos de todos os adversários da Igreja”. Salienta que eles buscam destruir a Igreja a partir de dentro e escreve que esse perigo “está presente quase nas próprias veias e coração da Igreja.”

Francisco está claramente abdicando de seu primeiro dever (supondo hipoteticamente que fosse ele de fato um papa), que é trazer as pessoas à Verdadeira Fé e, com isso, à salvação (cf. Mt. 28, 19-20).  Ele é um herético que ajuda o corpo mas destrói a alma (cf. Mt. 10, 28) Francisco está dizendo que você pode encontrar Cristo fora da Igreja, uma verdadeira afronta ao dogma Extra Ecclesiam Nulla Salus. ("Fora da Igreja não há Salvação")

Declarou São Vicente de Lerins sobre a Tradição no Catolicismo: "Na Igreja Católica deve-se ter SUMO EMPENHO em que MANTENHAMOS  aquilo que foi criado em toda a parte, sempre e por todos, pois isto é que é VERDADEIRO E PROPRIAMENTE católico. (...) Portanto, pregar algo aos católicos fora daquilo que eles receberam NUNCA FOI LÍCITO, em parte alguma é lícito, e NUNCA SERÁ LÍCITO; e condenar abertamente aqueles que anunciam algo fora do que foi uma vez aceito, foi sempre necessário, em toda a parte é necessário, E SEMPRE SERÁ NECESSÁRIO." (Communitorium, Ench. Patr. 2168).

Lembrando também..

Igreja anglicana questiona fé de Maria em outdoor na Nova Zelândia

16.12.2011 - Igreja anglicana faz provocação com virgindade em plena época de Natal.

A igreja Saint Matthews-in-the City, na Nova Zelândia lançou dois anos atrás uma campanha de Natal que chocou muita gente. José e Maria deitados na cama com o slogan, “Pobre José, Deus deve ser um competidor difícil de vencer”.

Agora a Igreja anglicana Saint Matthews causa polêmica com um de seus outdoors provocativos.

Maria parece assustada, segurando um teste de gravidez (desses de farmácia) indicando positivo.

A igreja Anglicana diz que o outdoor tem como objetivo “evitar o sentimentalismo” e “criar oportunidades para as pessoas conversarem sobre o assunto”. Muitos interpretam que a imagem questiona a fé de Maria e que o teste seria apenas para confirmar se era real. Este ano, o reverendo Glynn Cardy diz que a Saint Matthews queria falar sobre como é a vida de uma mãe comum e uma criança real. A imagem ficará em frente a igreja até a noite de Natal. (Fonte Gospel Prime)

Diz na Sagrada Escritura:

“O dragão vendo que fora precipitado na terra perseguiu a Mulher que dera à luz o Menino. Este (o dragão), então se irritou contra a Mulher e foi fazer guerra ao resto de sua descendência, aos que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus". (Apocalipse 12, 13 e 17-18)

 

Veja também...

A Esposa do Cordeiro sob forte ataque interno. A apostasia, que tomou conta do clero, dos religiosos e dos leigos, em sua imensa maioria

A diferença que leva à mudança da Fé: Os sacerdotes devem compreender e também os fiéis, que, destruindo a Santa Missa, destroi-se inevitavelmente a Fé católica

São os leigos que terão de conservar a Fé, nesta época de apostasia e de compromisso com o erro

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne