O Canadá lidera a cultura de morte: Quebec irá oferecer aborto químico livre nas primeiras sete semanas de gravidez


09.07.2017 -

n/d

Quebec segue os passos na região de Manitoba, que tomou a mesma decisão, enquanto duas outras regiões do Canadá cogitam a mesma possibilidade. A pílula abortiva RU-486 será entregue livre durante os primeiros sete semanas de gestação do bebê e terá ultra-som obrigatório.

n/d

Desta forma, o aborto até a sétima semana de gravidez será livre em Quebeq, que segue os passos da região canadense de Manitoba.

n/d

O sistema de saúde justificou a medida, afirmando que "o governo de Quebec tem sido sempre em favor do direito da mulher de escolher, especialmente sobre o aborto" e que "esta pílula é uma opção adicional, entre outros métodos, para aqueles que desejam, voluntariamente encerrar uma gravidez. "

n/d

RU-486 ou Mifegyne foi aprovado pela Saúde do Canada em 2015 e pode ser prescrito desde julho de 2016, de acordo com o portal de notícias canadense em espanhol NM News.

Ao estudar a forma como a pílula do aborto estará disponível, o Colégio de Médicos já previu que, em qualquer caso, será obrigatório realizar um ultra-som e a prova de gravidez, certificando que o bebê tem menos de 49 dias de idade gestacional.

Embora as mulheres que reivindicam o uso deste abortivo exigem receita médica para obtê-lo,  O preço médio deste abortivo é de cerca de 300 euros. Fonte: http://infocatolica.com  (artigo traduzido)

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Diz na Sagrada Escritura:

"Por que me perguntas a respeito do que se deve fazer de bom? Só Deus é bom. Se queres entrar na vida, observa os mandamentos". (São Mateus 19,17)

"Conheces os mandamentos: não mates; não cometas adultério; não furtes; não digas falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe". (São Marcos 10,19)

"O Quinto mandamento, não matarás. O aborto mata, portanto é um homicídio, o pior do pior, é que a mamãe mata a seu filho, que não pode se defender".

“Os que praticam o aborto cometem homicídio e irão prestar contas a Deus, do aborto. Por que razão haveríamos de matar? Não se pode conciliar o pensamento de que a mulher carrega no ventre um ser vivo, e, portanto objeto da Providência divina, com o de matar cedo o que já iniciou a vida…” (Antenágora inSúplica pelos cristãos 3, 10)

Palavras do Santo Papa João Paulo II, na Encíclica Evangelium Vitae:

n/d

"Matar o ser humano, no qual está presente a imagem de Deus, é pecado de particular gravidade. Só Deus é dono da vida!" (João Paulo II, Evangelium Vitae, nº 55).

"Dentre todos os crimes que o homem pode cometer contra a vida, o aborto provocado apresenta características que o tornam particularmente perverso e abominável" (João Paulo II, Evangelium Vitae, nº 58).

“Nenhuma circunstância, nenhum fim, nenhuma lei no mundo poderá jamais tornar lícito um ato que é intrinsecamente ilícito, porque contrário à Lei de Deus, inscrita no coração de cada homem, reconhecível pela própria razão, e proclamada pela Igreja” (nº 61).

 

Veja também...

A cultura de morte do Fim dos Tempos: Mulheres com doença não terminal, podem também cometer eutanásia, de acordo com a lei de Ontário, no Canadá. Governantes estudam se eutanásia deve ser estendida às crianças

Frei Zaqueu: Aí onde se aprova o aborto por lei, ou alguma lei anticristã, há mais demônios presentes, e aos milhares, que em qualquer outro ato do maligno. Uma lei que legaliza e normaliza o mal permite muitos milhares de males para a sociedade

Aborto e Engenharia Social: A maior de todas as guerra e a maioria não percebe. Impunemente pratica-se hoje o maior genocídio de toda a história da humanidade, chamado aborto

A cultura de morte do Fim dos Tempos: No Canadá, médicos de Ontário lutam contra uma lei para forçá-los a ajudar a matar seus pacientes

Artigo do Padre Luiz Carlos Lodi: O homicida desde o princípio. Ele (o demônio) está por trás de todo o movimento pró-aborto

O rigor do Padre Pio diante do pecado do aborto salvava as almas dos pecadores. Ele tinha certeza de que tal pecado não podia ser tratado como algo comum

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne