A Fumaça de Satanás na Igreja: A Igreja é homossexualizada na França


06.05.2018 -

Cinco anos após a legalização do "casamento" entre pessoas do mesmo sexo na França, os homossexuais encontram mais "abertura" e "espaço" na Igreja Católica. Até o momento, 35 das 93 dioceses da França confiaram a seus colaboradores a missão de sugerir iniciativas relacionadas à homossexualidade.

n/d

De acordo com Claude Besson, que escreveu um livro em 2012, em que ele defendia uma mudança de atitude da Igreja para com os homossexuais, dizendo que pedir-lhes para ser casto foi "ineficaz", esta situação seria impensável antes da lei. O próprio Claude Besson foi co-fundador de um programa pioneiro, "Refletindo e compartilhando", em Nantes (na costa do Atlântico) em 2000, com o objetivo de acolher homossexuais e famílias na Igreja Católica. "Claro, algumas pessoas gostariam de ver estas propostas progredir mais rápido e movimento, mas há dez anos não teria imaginado que nós poderia ter chegado onde estamos hoje, disse ele, falando para La Croix, um jornal católico liberal amplamente visto como "o jornal do bispo".

Sua declaração foi citada em um artigo recente intitulado: "Igreja e homossexuais: a porta se abre". Cinco anos após a "Lei de Taubira" sobre "casamento entre pessoas do mesmo sexo, que foi aprovado pela primeira  vez pelo parlamento francês, em 23 de abril de 2013, La Croix lembra como o texto foi divisivo para as comunidades cristãs na França. De acordo com o documento, foi isso que fez com que várias dioceses se conscientizassem do problema e organizassem formas de "acolher melhor os homossexuais". 

Nem uma vez esse longo artigo relembra os "ensinamentos" morais da Igreja sobre a atividade homossexual e o estilo de vida.Mas ao falar sobre as pessoas com inclinações homossexuais, também implica que os programas pastorais recentes em 35 dioceses mencionados em plena harmonia com gays, "casados" ou não, com ou sem filhos. (adotivos)

n/d

La Croix fornece muitos detalhes sobre as iniciativas que apareceram nos últimos cinco anos (...) e diz que para muitos católicos, o acalorado debate sobre "casamento" entre pessoas do mesmo sexo, revelou um sofrimento profundo em homossexuais eles se sentiram "rejeitados" pela Igreja. Isso levou a vários bispos para instruir leigos, diáconos e até mesmo padres para analisar a situação e fornecer caminho pastoral "completando o trabalho dos movimentos cristãos gays", incluindo organizações de apoio "casamento" entre pessoas do mesmo sexo

Mas, segundo La Croix, as coisas estão melhorando: os padres estão acolhendo os homossexuais mais abertamente, especialmente desde que o Papa Francisco disse: "Quem sou eu para julgar!"

n/d

Cada vez mais dioceses oferecem propostas como o ciclo "Quinta-feira pela diferença", organizada por Isabelle Parmentier em Poitiers e agora também por um padre em Nantes. A idéia é "dizer e repetir que é possível" ser "cristão e homossexual", o que não é nem incompatível nem contrário à fé, diz um trabalhador pastoral, "ajudar as pessoas homossexuais a se integrarem nas paróquias".

Com relação aos pedidos de bênção de casais do mesmo sexo "casados", as práticas ainda diferem de uma diocese para a outra, e até mesmo de um padre para outro. 

Visto em: religionlavozlibre.blogspot.com.br  via  www.rainhamaria.com.br

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Dez meses antes de morrer, o Papa Paulo VI denunciou: “A fumaça de Satanás, (por alguma fenda) entrou na Igreja e se expande cada vez mais até o vértice" (alto clero).

n/d

"Se um futuro Papa ensinar algo contrário à Fé Católica, não o sigam" - Papa Pio IX, Carta ao Bispo Brizen, citado em "In His Name", E. Christopher Reyes, 2010)

Lembrando que Francisco, não se importa que a Sagrada Eucaristia seja dada aos homossexuais, que estão em estado de pecado gravíssimo, conforme este exemplo abaixo, diante de muitos outros...

n/d

Os Cardeais comparsas de Francisco, nem se importam mais, não só em dar a Santa Eucaristia aos homossexuais em estado de pecado gravissímo, mas ainda saem ao lado deles em fotos, para passar uma mensagem muito clara, que a Igreja agora aprova este comportamento contrário as Leis e Preceitos do Altíssimo.

Na imagem abaixo, o Cardeal Bagnasco, posa para foto...

n/d

Depois de ter dado a Eucaristia para os homossexuais presentes na Missa.

n/d

Francisco, claro, o prestigia... nunca o repreendeu e nem o repreenderá...pois...

Estes lobos em pele de cordeiro, juntos com Francisco, levarão muitas almas a cair no inferno!!

n/d

Agora, o grau de apostasia é tão grande e terrível, que já nem se importam em dar também sua benção as familias homossexuais. Como se o Altíssimo aprovasse este comportamento rebelde as Suas Leis e Preceitos.

Diz na Sagrada Escritura:

"Ele lhes disse: Vós pretendeis passar por justos perante os homens, mas Deus conhece-vos os corações: porque o que para os homens é estimável, é abominável perante Deus" (São Lucas 16,15).

Porque...

"Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação" (Levítico, 18, 22). (e vice-versa)

A nova "misericórdia", que estes "lobos em pele de cordeiro" criaram,  declara apenas que Deus os ama, não importa que caminho sigam, não importa que continuem pecando e permaneçam em seus pecados, pois, todos se salvam. Deus é Amor, esqueçam o Deus Justiça, Justo Juiz. Não havendo um Deus que condena, não existe mais condenação ou castigo, logo, não existe mais inferno, é uma anti-igreja pregando um anti-Evangelho.

Diz na Sagrada Escritura:

"Não digas: A misericórdia do Senhor é grande, ele terá piedade da multidão dos meus pecados, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa aos pecadores". (Eclesiástico 5, 6-7)

"Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos". (I Coríntios 6, 9)

"Por minha vida - oráculo do Senhor Javé , não me comprazo com a morte do pecador, mas antes com a sua conversão, de modo que tenha a vida. Convertei-vos! Afastai-vos do mau caminho que seguis; por que haveis de perecer, ó casa de Israel". (Ezequiel 33, 11)

Pois...

"Como Deus nos julgou dignos de nos confiar o Evangelho, falamos, não para agradar aos homens, e sim a Deus, que sonda os nossos corações" (I Tessalonicenses 2, 4).

Aos que se declarando "católicos", dizendo que não importam as declarações apóstatas de Francisco, pois, o seguirão até o fim, diz na Sagrada Escritura:

"Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal" (II Tessalonicenses 2, 12).

"Deixai-os. São cegos e guias de cegos. Ora, se um cego conduz a outro, tombarão ambos na mesma vala"(São Mateus 15, 14).

n/d

E essa "vala" é o abismo infernal, lugar de condenação dos rebeldes as Leis e Preceitos do Santo DEUS de Israel.

 

Veja também...

Padre James Martin, consultor do Vaticano nomeado por Francisco, em seu novo video, apresenta homossexuais "católicos" e casais do mesmo sexo, participando da Missa como algo normal na Igreja

A nova Igreja que serve a Sodoma moderna, que agrada aos homens e não mais a Deus: Presidente da Conferência Episcopal Alemã, Cardeal Reinhard Marx, aprova a benção dos casais homossexuais

A face da nova Igreja da (falsa) misericórdia: Bispo Franz Josef, vice-presidente da Conferência Episcopal Alemã, pediu um debate sobre a possibilidade de se abençoar os relacionamentos homossexuais

A Fumaça de Satanás na Igreja: Os Bispos da Irlanda usam os ensinamentos de Francisco para promover casais homossexuais, como novo conceito de família no Encontro Mundial de Famílias de 2018

Depois do Presépio com um homem nu no Vaticano, e do mural erótico encomendado por um bispo, colocado numa Catedral italiana, agora: Um "Jesus" musculoso, se livrando de suas ataduras, no novo selo de Páscoa do Vaticano

Jesuítas mexicanos realizam evento de homossexualidade: Haverá competição de "drag queens", homens vestidos de mulher. Lembrando que o reitor desta Universidade Católica, um padre jesuíta, é a favor do casamento "gay"

Lembrando que o cenário mundial perfeito para o aparecimento do anticristo está quase pronto. Homens inspirados pelo demônio, usam da palavra misericórdia para tornar o pecado, uma coisa comum e aceitável, até mesmo dentro da Igreja

Igreja Católica (Verdadeira) condena homossexualismo, união civil ou "matrimônio" homossexual, adoção de crianças por homossexuais

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne