A Nova Era e a Nova Ordem Mundial

Scanners Corporais e revistas pessoais geram revolta e indignação nos EUA

Adicionado ao  www.rainhamaria.com.br  em 17.11.2010 -

revolta contra tsa Scanners Corporais e revistas pessoais em genitais geram revolta e indignação nos EUA

Body-scanners e apalpamento de órgãos genitais agora parte do dia-a-dia

Scanners Corporais e novas medidas de revistas corporais em partes íntimas estão causando revolta nos mais diversos setores da sociedade americana. No entanto, a TSA, Administração de Segurança do Transporte dos EUA, e o Departamento de Segurança Nacional, insistem que os body-scanners são seguros para a saúde e que as revistas são discretas.

Estão entre as novas medidas incluem, além do uso indiscriminado de scanners corporais, humilhantes revistas que incluem tatear os genitais e seios de passageiros que optem por não se submeter aos perigos dos scanners. Muitos eventos ocorreram nos últimos dias, mas tentarei aqui dar um breve  resumo dos últimos acontecimentos.

Já havíamos coberto este assunto alguns meses atrás, quando o governo brasileiro começou a implantação destes equipamentos em alguns dos aeroportos no Brasil. Escrevemos também neste blog sobre o perigo à saúde dos scanners corporais.

Como sempre, as autoridades mentem descaradamente para manter a imagem de que os equipamentos são seguros e necessários. Além do problema da ameaça a saúde que os scanners representam, temos a questão da privacidade, já que em alguns casos se descobriu que as imagens feitas pelos scanners são armazenadas.

Revolta

As medidas de segurança tem causado furor nos mais diversos grupos, de grupos islâmicos à união de pilotos, estão rejeitando a implementação em massa de radiação e molestação e apalpamento de mulheres e crianças.

A união de pilotos está aconselhando a seus membros que evitem os body-scanners e ao mesmo tempo denunciam as “revistas pessoais reforçadas” como humilhantes e no mesmo nível de assédios sexuais, juntamente com a união dos atendentes de vôo, que exige que seus trabalhadores não sejam tocados em partes sensíveis.
Um dos maiores grupos de defesa dos direitos humanos islâmicos, o CAIR, emitiu um aviso para todos os muçulmanos viajando dentro dos EUA, orientando às mulheres que deixem apenas serem tocadas na cabeça e no pescoço, e que peçam para que os procedimentos sejam feitos em uma área privada.

Um grupo defensor da privacidade chamado EPIC: Electronic Privacy Information Center (Centro de Informação de Privacidade Eletrônica), exige que os scanners sejam banidos completamente, e está tomando uma ação legal contra a TSA. Marc Rotenberg, diretor executivo do EPIC, diz a TSA deve ser obrigada a proceder uma elaboração de regras abertas ao público para avaliar a segurança, privacidade e riscos à saúde causados pelos scanners corporais. “A agência não tem autoridade legal para colocar esses dispositivos nos aeroportos“, diz Rotenberg Roberts. “Foi um passo muito grande que deram quando decidiram fazer do scanner corporal a técnica de triagem principal, e é isso que nós estamos contestando“.

Quem também não gostou muito das novas medidas foram empresas de viagens e aviação. Veja o que disse Geoff Freeman, vice-presidente executivo da Associação de Viagens dos EUA:

“Temos recebido centenas de e-mails e telefonemas de viajantes prometendo parar de voar. Você não pode falar por um lado, sobre a criação de empregos neste país para colocar a economia de volta nos trilhos, e por outro lado desencorajar milhões de americanos de voar, que é a porta de entrada para o comércio”, disse ele.

Inúmeros casos de reclamações de cidadãos são noticiados dia após dia. Diversos órgãos de defesa de liberdade civil disponibilizaram formulários para que vítimas de abusos da TSA possam relatar seus casos, como a ACLU (União da Liberdade Civil Americana) e a EPIC. Neste outro site podemos também encontrar um grande número de relatos de incidentes durante as revistas pessoais.

Jeffrey Goldberg, do jornal “The Atlantic”, foi informado diretamente por um agente da TSA  que a o procedimento de revistas íntimas não foram feitos por qualquer motivo genuíno de segurança, mas sim para tornar a experiência tão desconfortável que os viajantes que prefiram usar o scanner corporal. Em seu artigo “Pela primeira vez, a TSA encontra resistência“, ele diz:

Perguntei-lhe se ele estava ansioso para a condução do full-on pat-downs. “Ninguém vai fazer isso”, disse ele, “uma vez que descobram o que vamos fazer.”Em outras palavras, as pessoas, quando confrontados com uma escolha, inevitavelmente escolherão o dispositivo de medir pau ao invés do abuso sexual?” Isso é o que estamos esperando. Nós estamos tentando fazer com que todos entrem na máquina.”  Nota: “dispositivo de medir pau” é como os agentes da TSA chamam internamente os scanners.

Scanners Corporais

Há muito tempo eu já vinha alertando sobre os perigos dos scanners corporais, mas parece que a mídia brasileira enfim resolveu reconhecer o potencial perigo trazido pelos body-scanners.

Neste artigo de sexta passada no yahoo news em português, assim como um grande número de outros veículos de comunicação em português, cobriu de forma imparcial os perigos dos scanners corporais:

Os scanners corporais de raios-X, utilizados em alguns aeroportos, sobretudo nos Estados unidos, podem ser perigosos para a saúde, alertaram cientistas à AFP esta sexta-feira.

“O risco é mínimo, segundo dizem, mas estatisticamente alguém vai contrair câncer de pele por causa destes raios-X”, advertiu Michael Love, que chefia um laboratório que estuda os raios-X no departamento de biofísica da Universidade John Hopkins (Maryland, leste).

“Nenhuma exposição a raios-X pode ser considerada benéfica. Sabemos que são perigosos, mas nos aeroportos as pessoas têm tal necessidade de viajar, que estão dispostas a arriscar a vida desta forma”, disse.

Em 2007, o departamento americano encarregado da segurança nos transportes (TSA, na sigla em inglês) começou a utilizar estes scanners corporais, que mostram todo o corpo humano, nos aeroportos do país.

Seu uso se generalizou este ano, após a compra de 450 novos scanners, graças a fundos do plano de reativação americano.

Cerca de 315 novos scanners integrais de raios-X são usados atualmente em 65 aeroportos americanos, segundo a TSA.

Chefe do TSA defende novos procedimentos

O Chefe da TSA, John Pistole, defendeu neste dia 16 os novos e controversos procedimentos de revistas. “Há uma constante evolução da ameaça terrorista“, disse ele. Pistole disse que o governo não está sempre à frente do terroristas e que sua agência procura “a mistura adequada” entre os direitos dos passageiros e a proteção para os aviões.”Queremos ser sensíveis à privacidade das pessoas, mas assegurando que todo mundo está seguro em cada vôo“, disse ele.

Conflito de Interesses

O que nem todos sabem é que existe um gigantesco lobby por trás dos body-scanners, envolvendo membros do governo, com interesses particulares em relação a implementação destes equipamentos.

A maior parte dos scanners é produzida pela empresa L-3 Comunnications, que também produz o equipamento para o governo americano. Esta empresa emprega três diferentes firmas de lobby, incluindo a Park Strategies, onde o ex-senador  Al D’amato trabalha. Em 1989, o Presidente George H.W. Bush chamou D’amato para presidir a Comissão de Segurança em Aviação e terrorismo, após o acidente do vôo Pan Am 103. O contratos com os scanners da L-3, fechado 4 dias após da bomba na cueca de natal, foi no valor em torno de 165 milhões de dólares.

Após a tentiva de atentado de Detroit, o ex-secretário de estado de Bush, Michael Chertoff (na imagem ao lado), deu várias entrevistas à mídia corporativa defendendo o uso dos scanners corporais. O que ele esqueceu de dizer é que estaria sendo pago pela empresa Rapiscan, subsidiária da OSI Systems, uma das duas empresas que fornecem o equipamento para o governo americano. Em uma entrevista para o New York Times, logo após o incidente, ele disse ¨Se eles [os scanners] tivessem sido instalados, eles teriam localizado este tipo de bomba“.

Deepak Chopra, presidente e CEO da OSI Systems (da qual a Rapiscan é subsidiária), foi chamado para acompanhar o presidente Barack Obama em sua última viagem à Índia. Podemos concluir daí que Obama estaria fazendo lobby e pressionando a Índia para seguir os EUA na implementação maciça de scanners corporais.

Outro lucrando pesado com os controversos scanners corporais é o magnatava George Soros, que possui 11.300 ações da OSI Systems.

John Tyner é uma nova celebridade nos EUA, depois de ter gravado sua saga a ser submetido a uma revista pessoal, quando se recusou a passar pelo scanner corporal. Ao descrever o procedimento, que consistiria e levar as duas mãos ao redor de sua coxa e subir até a virilha duas vezes em cada perna. Tyner então respondeu: ¨Se você tocar o meu $%*# você será preso”. O funcionário da TSA então chamou o supervisor, que chamou o supervisor, e Tyner acabou não podendo voar sem passar pela mão boba do funcionário do TSA. Mesmo de saída do aeroporto, pediram para Tyner passar pela triagem de segurança. Como ele se recusou, ele está sendo agora processado e poderá pagar uma multa de 10 mil dólares. Em seu blog ele conta em detalhes o ocorrido.

De acordo com um recente artigo no Infowars, as invasivas técnicas de revista estão aumentando a ponto de oficiais colocarem as mãos dentro de suas calças quando estiverem usando roupas largas, numa chocante demonstração de desconsideração com a revolta demonstrada por técnicas menos abusivas. Na minha opinião, estão aumentando o abuso de forma que poderão retroceder um pouco mais tarde, sem comprometer o plano de implementação dos body-scanners.

Pedófilos e brasileiros ilegais trabalhando na TSA

Em mais um evento constrangedor para a TSA, que mostra que ela não aplica todo o rigor direcionado a população em geral em seus próprios funcionários, descobriu-se que um dos funcionários da TSA em cargo de apalpar as pessoas, Sean Shanahan, seria acusado por vários crimes contra crianças. Ele foi preso ao molestar uma garota menor de idade. De acordo com o Air Safe News, “O atual sistema de verificação de antecedentes pode ter permitido que os condenados por estupro e outros crimes sexuais sejam contratados para trabalhar na TSA“.

Dado o fato de que a nova política da TSA permite aos trabalhadores acariciar os seios e genitais, pode-se esperar uma enxurrada de pervertidos sexuais e estupradores ansiosos para trabalharem lá.
Além disso, vários imigrantes ilegais foram pegos trabalhando na TSA. Entre estes estão três brasileiros, que disseram que a TSA nunca havia perguntado quais eram suas condições como imigrantes. Os três brasileiros estavam até mesmo em uma escola para pilotos, com aprovação da TSA.
A TSA foi criada após os ataques de 11 de setembro para aumentar a segurança da aviação americana.

Dia 24 de Novembro Sem Voar

Um grupo on-line, “National day Opt Out”, ou ” Dia Nacional para optar por não [passar pelos body-scanners]” apela por um dia de protesto contra os scanners na quarta-feira, 24 de novembro, o dia mais movimentado do curso do ano, véspera do dia de Ação de Graças. O objetivo é de aumentar a concientização sobre o perigo dos body-scanners e do excesso das vistorias íntimas.

Pega na mentira – Google Trends

Novamente o google trends foi utilizado para trazer à atenção do grande público os problemas relativos às medidas da TSA. Dia 12, “revolta contra a TSA” foi o termo de busca número um nos EUA. Já no dia 15, o termo mais pesquisado foi “big sis caught lying¨ ou, ¨grande irmã pega mentindo”, a em referência a um artigo de propaganda no USA Today de Janet Napolitano, agora conhecida como “Big Sis”, em uma refêrencia ao livro 1984/Big Brother de George Orwell . Neste artigo ela mente descaradamente, ao dizer que os body-scanners são seguros e que as revistas são discretas.

O Lobo cuidando das ovelhas

Em face da revolta contra as medidas do TSA, O Comitê de Comércio, Ciência e Transporte do Senado americano fará uma audiência neste dia  17 de novembro para discutir as denúncias contra a TSA. Não aguarde muitas mudanças a partir desta audiência, já que o Presidente deste Comitê é Jay Rockefeller, bisneto do magnata do petróleo John D. Rockefeller e sobrinho de David Rockefeller, o atual patriarca da família, que é uma das mais influentes da linha illuminati.

O Brasil já recebeu scanners corporais dos EUA. Quando irá o Brasil se submeter a estas novas medidas de segurança?

Muitos lerão isto e dirão: “quem não deve não teme” tentando justificar o desconforto desta situação com a ilusão de aumento da segurança. Como vimos antes, os scanners corporais não são capazes de achar bombas, de acordo com especialistas. Outro ponto importante é que as últimas tentativas de ataques tiveram relação com agentes do próprio governo, como no caso da bomba-cueca de natal, onde o suposto terrorista foi deixado passar sem passaporte. Esta é a lógica que tentam passar para a população, mas eu quero ver o que as pessoas que dizem isto dirão quando um maníacos sexuais e pedófilo trabalhando na segurança de aeroportos forem apalpar sua filha ou sua esposa.

Fontes:
Yahoo Notícias: Scanners corporais de aeroportos podem causar câncer
WashingtNATIONAL OPT-OUT DAY!
CAIR Travel Advisory: New Airport Pat-Downs Called Invasive, Humiliating
ABCNews: TSA Chief Defends New Patdown Procedure
OSI Systems Chief Executive Officer Joins US Presidential Visit to India

Fonte: http://blog.antinovaordemmundial.com

-------------------------------------------------------------------------------------------

Leia também...

Vigilância na luta contra o terror ameaça liberdades nos EUA

As liberdades individuais se reduzem: Podemos escapar à vigilância?

Nova Ordem Mundial: Norma antiterror põe alunos britânicos sob vigilância

Nova Ordem Mundial: em Berlim milhares protestam contra vigilância estatal

Reino Unido: Todo e-mail e website será armazenado pelo governo

Big Brother real: Seremos obrigados a ter rastreadores em nossos carros no Brasil

Brasil: Mais um projeto de lei ameaçando a liberdade de expressão na internet

Operadora Oi adota um programa que rastreia todos os dados dos clientes

Primeiro-ministro britânico vê nova ordem mundial depois da crise

Crise econômica: uma oportunidade para implantar a nova ordem mundial.

A Nova Ordem Mundial e o avanço do implante de chip em humanos

Scanner diz se jovem é maduro; máquina pode acabar em tribunais

Laboratório liderado por brasileiro vai transformar corpo humano em PC

Temos 51 Online

Segunda Vinda
de Jesus