Gigantesca bola de fogo cruza cidades da Região Sudeste do Brasil


02.09.2014 -

n/d

Uma gigantesca bola de fogo rasgou o céu de diversas cidades brasileiras na noite de segunda-feira, produzindo um forte clarão observado desde São Paulo até Minas Gerais. De acordo com a BRAMON, este é um dos maiores bólidos já registrados pelas câmeras de vigilância da instituição.

Vídeo registrado pela BRAMON (rede de monitoramento) mostra o momento em que a bola de fogo cruzava o campo de visão da câmera de monitoramento instalada na cidade de Campinhas, SP, operada pelo astrônomo amador Julio Lobo.

 

A rocha entrou na atmosfera terrestre por volta das 19h07 BRT e cruzou parte da Região Sudeste do país vinda provavelmente do sul-sudeste no sentido Norte-Noroeste.

Em diversas cidades houve relatos da bola de fogo, inclusive na capital paulista. Testemunhas disseram que durante o tempo de observação a luz o objeto parecia variar do amarelo no início da trajetória ao branco-azulado nos momentos finais. Nenhum relato, no entanto, confirma a ocorrência de algum estrondo sônico.

Segundo a internauta Adnaloy Andrade, de Pouso Alegre, cidade localizada no sul de MG, a bola de fogo era tão grande e brilhante que chegou a pensar que ia cair sobre sua cabeça. Para Adnaloy, foi assustador e lindo ao mesmo tempo.


Monitoramento

De acordo com informações prestadas pela Rede Brasileira de Observação de Meteoros, BRAMON, este é um dos maiores bólidos já registrados pelas câmeras de vigilância da entidade. Segundo a BRAMON, três câmeras registraram o momento da ruptura, duas delas instaladas em Campinas, SP, e outra em Mogi das Cruzes, SP.

Uma análise inicial feita por Carlos Apodman Bella, ligado à BRAMON, mostra que a altitude final antes da fragmentação ficou abaixo de 38km , considerada bastante baixa para um meteoro.

A triangulação das imagens permitiu aos especialistas da BRAMON traçarem um shape aproximado da orbita do meteoro, revelando que antes de se chocar contra a alta atmosfera da Terra a rocha orbitava para além do planeta Marte, o que significa que pode ser um dos inúmeros fragmentos pertencentes ao Cinturão de Asteroides.


BRAMON

A BRAMON é uma iniciativa do astrônomo amador Eduardo Plácido Santiago, que em outubro de 2013 iniciou o projeto de uma rede de monitoramento de meteoros. Menos de um ano depois, a BRAMON é hoje referência em sua área de atuação.

Com cerca de 16 câmeras ativas, a entidade vem obtendo um ótimo índice de registros de eventos de grande porte como este e a taxa de captura de bólidos tem sido de um por mês, o que supera largamente as expectativas iniciais.

Até final do ano as previsões apontam a implantação de mais 5 câmeras em todo território nacional, realizando uma cobertura sem precedentes dos eventos magníficos que eram subestimados nos céus brasileiros.

Se você tem interesse em participar da BRAMON e também quer montar uma estação de vigilância dos céus, entre em contato com a BRAMON através do email: [email protected]

Fonte: Site Apolo11

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Diz na Sagrada Escritura:

"Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas". (São Lucas 21, 25)

"...e as estrelas do céu caíram na terra, como frutos verdes que caem da figueira agitada por forte ventania". (Apocalipse 6,13)

 "O terceiro anjo tocou a trombeta. Caiu então do céu um astro enorme, ardendo como um facho. Precipitou-se sobre a terça parte dos rios e nas fontes de água. O nome do astro é Absinto. E se converteu em absinto a terça parte das águas. Muitos homens morreram das águas que se tornaram amargas. O quarto anjo tocou a trombeta. Foi ferida então a terça parte do sol, da lua e das estrelas, de sorte que escureceram em um terço. O dia e a noite perderam uma terça parte de seu brilho.
O quinto anjo tocou a trombeta. Vi uma estrela que caíra do céu sobre a terra. Foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Abriu o poço e do poço subiu uma fumaça como a fumaça de um grande forno. O sol e o ar escureceram por causa da fumaça do poço." (Livro do Apocalipse – São João)

 

Veja também...

Astrônomos amadores brasileiros descobrem seis Asteróides que ameaçam a Terra

Grande bola de fogo se rompe sobre o interior de São Paulo

Rede de vigilância detecta novos meteoros sobre o interior de São Paulo

Gigantesca bola de fogo explode sobre o litoral de São Paulo

Objeto não identificado cai e causa forte terremoto na Argentina

Mais um? Asteroide de 3 metros atinge a atmosfera acima do oceano Atlântico

Bola de fogo explode acima do Centro-Oeste dos EUA

Enorme bola de fogo vista nos céus da Califórnia e no sul dos EUA

Meteorito cai no centro do Canadá e causa medo nas milhares de testemunhas


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
https://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne